quinta-feira, 6 de março de 2014

Feminismo: andando de marcha a ré e pensando que é um avanço.

Muitas vezes, somos doutrinados a olhar para trás pensando que olhamos para frente. Muitas das doutrinas pagãs que as pessoas de nossos tempos abraçam são consideradas modernas e avançadas: liberalismo e seus derivados(ocorria nos últimos tempos decadentes do Império Romano, como o desprezo pela vida, o feminismo, a promiscuidade sexual, abortos, hedonismo - o que implodiu as famílias romanas e o próprio império, etc.), idolatrias (ainda mais antigas, como o bezerro de ouro, o "deus" dos nossos economistas e empresários, ou as feitiçarias satânicas), psicologismos freudianos (doutrinas cabalísticas babilônicas, etc.), heresias, culto ao prazer (=hedonismo), etc.

O pior é que, depois de olharmos para trás, pensando que estamos olhando para frente, sentamo-nos nos bancos do trem da história virados para trás, andamos de marcha a ré e achamos que estamos progredindo.

O feminismo e a igualdade entre os sexos (e consequente desordem social e familiar) não eram novidades entre os pagãos:

O facto das mulheres Nativas Americanas executarem qualquer tipo de trabalho laboral era para os Anglo-Americanos uma evidência da sua barbárie. Meriwether Lewis qualificou de ridículo o facto das mulheres Nativas Americanas que ele encontrou terem sido vistas a executar actos de “labuta” que ele considerava impróprios para as mulheres, facto esse que ele tomou como evidência de que as culturas Nativas não respeitavam as mulheres. A maior parte das mulheres Europeias concordou com ele, e concordaram com ele durante muitos séculos após a sua visita a estas culturas.
(...)
As mulheres Negras já tinham isto, tal como o tinham as mulheres Americanas Nativas bem como as mulheres Sul-Asiáticas. Do ponto de vista "feminista", as mulheres Europeias causaram um retrocesso às mulheres Nativas Americanas e às mulheres Africanas uma vez que elas já se encontram "livres" do restritivo culto da domesticidade - elas não precisavam das ricas mulheres brancas para lhes dizer como adquirir esta "liberdade."
FONTE:http://omarxismocultural.blogspot.com.br/2013/04/a-ideologia-da-mulher-branca.html

Não nos enganemos: o feminismo engana e rebaixa a mulher, retira o poder econômico e moral do homem e escraviza a ambos.

Da próxima vez que alguém disser que "a Igreja é medieval", lembremo-nos de que a podridão pagã liberal, disfarçada de "avanço", vem da antiguidade e até da pré-história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar: