sexta-feira, 13 de setembro de 2013

JACÓ E A MENTIRA DE RAQUEL.

JACÓ E A MENTIRA DE RAQUEL



Como se explica o fato de que, após a mentira de Raquel, trocando Esaú por Jacó, este é investido por Deus das dignidades de primogênito, tornando-se depositário da Promessa? À primeira vista tem-se a impressão de que Deus sancionou a mentira de Raquel...



A mentira e a fraude de Jacó (Gên 27) foram, sem dúvida, atos ilícitos e condenáveis aos olhos de Deus. O Senhor jamais pode reconhecer ou aprovar o pecado.



Contudo Javé quis dar sua bênção a Jacó... Ele o fez não por causa da fraude, mas apesar da fraude cometida por este varão. O Senhor se dignou tornar depositário da Promessa justamente aquele dos dois irmãos que se mostrava mais sujeito à miséria e ao pecado, a fim de inculcar que o Altíssimo realiza gratuitamente os seus planos por meio dos homens, sem que estes possam fazer valer em sua presença algum título ou direito: não foi o primogênito, o herdeiro por direito, que Deus escolheu, mas foi o que não tinha titulo nenhum. Jacó mais tarde reconheceu-se réu de castigo divino, quando voltou da Mesopotâmia. para sua terra (cf. Gên 32, 25-33); ora bastou que o pecador reconhecesse então as suas faltas e tomasse uma atitude contrita e humilde, para que Deus o julgasse instrumento apto a realizar, para o futuro, o plano messiânico; esse instrumento por si só teria fraqueza, tudo que ele faria, ele o faria por dom de Deus.



É esta a lição perene que a história de Jacó nos comunica até hoje; demos-lhe atenção e dela deduzamos as conclusões práticas.



Veja E. Bettencourt, "Para entender o Antigo Testamento'' 140-144

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar: