sábado, 30 de julho de 2011

Mosteiro da Santa Cruz: parte III.





A comida é muito saudável: vegetariana, simples e feita com muita dedicação. Não há desperdícios e o cozinheiro se esmera em variar o cardápio. Adorei as sopas! Sempre as refeições eram precedidas e terminadas com belas orações em canto gregoriano. "Benedicite!" O alimento é uma dádiva a ser agradecida.

Tudo segue uma disciplina, uma ordem e uma pontualidade invejáveis. Gostei disso... A humildade e a disciplina hão de restaurar a desordem da desobediência e da vontade rebelde para que Deus seja conhecido, amado e seguido, e em tudo seja glorificado.

Nas fotos, a linda capela.

O Mosteiro é uma embaixada do Paraíso na terra...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar: