quinta-feira, 30 de maio de 2013

São Fernando


Santo do Dia, 29 de maio de 1968

Hoje temos a festa de São Fernando de Castela. A biografia está tirada de “La Vie des Saints”, por Edouard Daras:

“Ele foi filho de Afonso, rei de Leão e de Berengária de Castela. Nascido em fins do século XII. Subiu ao trono aos 18 anos, tornando-se um dos grandes soberanos cristãos.

"Aos 27 anos pegou em armas contra os mouros, que mantinham parte da Espanha sob seu jugo e só as depôs quando de sua morte. Foi notável batalhador. No dia de São Pedro do ano de 1236 entrou em Córdoba, que os infiéis dominavam há cinco séculos. Consagrou a grande mesquita da cidade à Santíssima Virgem e fez transportar nos ombros dos maometanos os sinos de Compostela”.

É, inegavelmente, uma beleza!...

“Marchou sobre Sevilha e tomou-a com forças tão inferiores às do inimigo, que o general que entregou a cidade, olhando-a com lágrimas nos olhos (comentou): `Somente um santo poderia, com tais tropas, apoderar-se de uma praça tão forte e populosa’.

“Sua espada só a usou a serviço de Cristo. ‘Senhor, dizia, vós que sondais os corações, sabeis que busco vossa glória e não a minha. Não me proponho conquistar reinos perecíveis, mas difundir o conhecimento de Vosso Nome’.

Que linda oração contra o defeito da pretensão! Poder dizer que em todas as ações de apostolado, se procura exclusivamente a glória de Deus e não a própria! Não propomos conquistar para nós um prestígio perecível, mas queremos difundir o conhecimento da verdade de Nosso Senhor Jesus Cristo, ou seja a doutrina da Santa Igreja Católica Apostólica Romana.

“Seu exército era um exército cristão. A Santissima Virgem era sua padroeira e sua imagem era transportada como símbolo de proteção e vitória. O rei era o exemplo. Jejuava, usava um cilício em forma de cruz e passava em oração as noites que antecediam as batalhas. Essas guerras contínuas nunca o induziram a carregar seu povo de impostos. Confiava no auxílio da Providência e afirmava temer mais as maldições de uma pobre mulher do que todo um exército de mouros”.

Agora venham falar que na Idade Média não havia sentido de pena dos pobres, não havia compreensão do direito dos pequeninos...! Os senhores estão vendo um homem aqui que tem mais medo de cometer um pecado lançando contra uma pobre mulher um imposto injusto, do que de enfrentar um exército de mouros.

“Este grande príncipe morreu quando se preparava para uma expedição em África, contra os últimos inimigos de seu país. Ao lhe trazerem o Santíssimo Sacramento, lançou-se de joelhos rodeando seu pescoço de uma corda em sinal de sujeição ao Rei dos reis”.

É a doutrina da sagrada escravidão a Nosso Senhor Jesus Cristo ou a Nossa Senhora.

“São Fernando também amou e protegeu a cultura, tendo fundado a célebre Universidade de Salamanca”.

Um tão grande santo não podia amar a cultura em abstrato como esse trecho induz a pensar. Ele amava a cultura como um reflexo da glória de Deus e um instrumento para a difusão do Reino de Deus.

“Após mais de quatro séculos, seu corpo foi encontrado incorrupto, quando Clemente XI o canonizou em 1671”.

Valia a pena ter lido, ainda que não comentando, tão grande vida de tão grande santo.



Urna com o corpo de São Fernando, na catedral de Sevilha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar: