segunda-feira, 23 de agosto de 2010

O dilema da TV e do DVD.

Você consultou-me e eu respondi a você: o dilema da TV e o DVD.
Antonio disse...
Estou realmente vivendo um dilema.Tenho uma filha. Moramos em um apartamento pequeno e gostaria muito de retirar a TV. Mas minha mulher acredita que esta é uma decisão radical. Então adquiri alguns DVD's infantis. Nesta idade é prejudicial assistir a estes DVDs? Estes DVDs que trazem figuras animais cantando ou falando como gente fazem mal a formação da criança? Se alguém pude comentar eu agradeço. Outros já são mais educativos como ensinando sobre cores, música, etc.

20/8/10 20:01
Anacoreta disse...
Prezado Amigo:

Hoje em dia, tudo que contraria as bárbaries mundanas que nos cercam é rotulado como radical pois é radicalmente contrário a isso. Se você quiser que sua filha seja como os filhos problemáticos dos outros, é só fazer o que os pais deles fazem (TV, DVD, permissividade e falta de limites, falta de educação religiosa, falta de boas maneiras, video games violentos dessensibilizando as mentes, etc.). O negócio é tentar ser diferente!
Veja o site do Prof. Setzer,da USP (há um link aqui)sobre filmes e video games, condenando-os. Realmente, as mentes das pessoas ficam deformadas com violência, pornografia, comportamentos grosseiros, desonestidade (a exemplo das telenovelas) e medo, muito medo (basta assistir aos telejornais - aliás, a imprensa é paga para divulgar o que seus patrocinadores querem, nunca o que nos convém saber - veja postagens sobre "agenda setting e espiral do silêncio" nest blog).

Há coisas boas nos filmes misturadas com coisas péssimas, sutilmente expostas nos mesmos: é como um veneno misturado a uma deliciosa refeição. Ao invés de criar esse hábito de assistir à TV (que impede o diálogo e o relacionamento familiar - sua filha precisa de interação com os pais, não uma babá eletrônica, para poder desenvolver-se sadiamente), seria interessante comprar um bom livro de contos infantis (analise o conteúdo antes) e contar estórias a sua filha (quem sabe uma "Bíblia para crianças" também?).

Outra sugestão: há uma coleção de CD's com estorinhas para crianças (acho que o nome é "Disquinho", há um Saci na capa).

Isso auxilia a imaginação (que a TV destrói), a capacidade de ouvir (hoje, ninguém escuta ninguém) e distrai sem destruir a mente e a alma da criança.

Infelizmente, muitos pais, principalmente mães, sempre competindo com as outras para saber quem pode dar mais "vida boa" aos seus filhos, gostam de seguir as últimas modas e dar tudo (principalmente o que não presta) aos seus filhos para "eles não ficarem diferentes dos outros". Não sejamos Marias-vai-com-as-outras: Rm. 12,1-2 - ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

Rm. 12,1-2 - Portanto, meus irmãos, por causa da grande misericórdia divina, peço que vocês se ofereçam completamente a Deus como um sacrifício vivo, dedicado ao seu serviço e agradável a ele. Esta é a verdadeira adoração que vocês devem oferecer a Deus. Não vivam como vivem as pessoas deste mundo, mas deixem que Deus os transforme por meio de uma completa mudança da mente de vocês. Assim vocês conhecerão a vontade de Deus, isto é, aquilo que é bom, perfeito e agradável a ele.

Gl. 5,19-21 - Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: Prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
Boa sorte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar: