quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Sobre as Tentações: o Cura D'Ars.


A TENTAÇÃO. São João Maria Vianney – o Cura d’Ars

"A tentação nos é útil e necessária".

"Deus não nos pede o martírio; pede-nos que resistamos a umas poucas tentações".

"Conhecemos o preço da nossa alma pelos esforços que o demônio faz para perdê-la. O inferno arma-se contra ela, o céu por ela... Como ela é grande! Quando o demônio prevê que uma alma caminha para a união com Deus, a sua raiva redobra ... Feliz união!"

"Enquanto houver um cristão à face da terra, "ele" [o demônio] o tentará".

"A maior tentação é não ter nenhuma".

"Havia uma vez uma mulher (parece-me que era Santa Teresa) que se queixava a Nosso Senhor após uma tentação e lhe dizia: "Onde estáveis Vós, meu Jesus infinitamente amável, onde estáveis durante esta horrível tempestade? " Nosso Senhor respondeu-lhe: "Estava no meio do teu coração, feliz de te ver lutar" ".

"Todos os soldados são bons da caserna. É no campo de batalha que se vê a diferença entre os corajosos e os covardes".

"Os combates levam-nos para junto da cruz, e a cruz é a porta do céu".

"Quando fordes tentados, oferecei a Deus o mérito dessa tentação para obterdes a virtude oposta".

"Muitos se entregam à moleza e à ociosidade. Não é de admirar que o demônio lhes ponha o pé em cima".

"Três coisas nos são absolutamente necessárias para combater a tentação: a oração para obtermos luz, os sacramentos para ganharmos forças, a vigilância para nos preservarmos".

"Se estivéssemos impregnados da presença de Deus, ser-nos-ia fácil resistir ao inimigo".

"Quando o demônio quer perder uma pessoa, começa por incutir-lhe um grande desgosto pela oração".

"O demônio é esperto, mas não é forte: basta fazer o sinal da cruz para pô-lo em fuga".

"O demônio só tenta aqueles que querem sair do pecado e aqueles que estão em estado de graça. Os outros já lhe pertencem, não precisam de ser tentados"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar: