quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Maçonaria: o "caos calculado e controlado". Parte II.


A corrupção da moral através da moda imodesta
Um plano maçônico para destruir a Igreja
Traduzido e adaptado por Andrea Patrícia
“A religião não teme a ponta da adaga, mas pode desaparecer sob a corrupção. Não vamos nos cansar de corrupção: nós podemos usar um pretexto, como o esporte, a higiene, os recursos da saúde. É necessário corromper, que nossos meninos e meninas pratiquem o nudismo no vestir. Para evitar muita reação, deve-se avançar de forma metódica: despir-se, em primeiro lugar até o cotovelo e, depois, até os joelhos, depois braços e pernas completamente a descoberto, mais tarde, a parte superior do tórax, ombros, etc., etc.”
International Review of Freemasonry
(Revista Internacional de Maçonaria), 1928

Uma ex-apresentadora de boletins meteorológicos no canal do tempo, modelo, atriz e Miss Michigan National Teen-Ager, Colleen Hammond viveu o sonho americano e descobriu que isso é um pesadelo. Enquanto trabalhava na televisão, ela voltou à fé católica. No momento em que seu primeiro filho nasceu, Colleen “viu a luz” e abandonou sua carreira de grande sucesso na televisão para se tornar dona-de-casa e mãe, agora vivendo com o marido e seus quatro filhos no norte do Texas.
Em 2004 a Sra. Colleen Hammond escreveu um livro intitulado “Dressing With Dignity” (vestindo-se com dignidade), que se tornou um best-seller instantâneo. Este inovador livro desafia a moda de hoje e fornece as informações que você precisa para se proteger e proteger seus amados da investida do mau gosto do vestuário imodesto.
Nós publicamos aqui excertos do Capítulo IV do presente livro, “Desenhos Contra a Modéstia e Reação Católica”, que fala sobre as forças por trás da revolução da moda feminina no século 20:

Por Colleen Hammond

Quando você olha em volta para a sociedade de hoje, você não pode deixar de notar a desintegração da moral e dos valores. E nós sabemos que as coisas não acontecem por acaso, portanto, não seria razoável pensar que os estilos de vestuário decaíram tanto e tão rápido apenas por acaso.
A maioria de nós já ouviu que a maior fraude de Satanás é convencer as pessoas de que ele não existe. Ele tem estado muito ocupado, especialmente desde os anos 1800, trabalhando nos bastidores para opor-se a tudo que é belo, sagrado e santo. Um dos grupos humanos que ele tem usado para esta oposição tem sido a Maçonaria.
Aqueles envolvidos com a Illuminati (uma sociedade secreta dentro das lojas maçônicas) foram doutrinados com um amargo anti-catolicismo. A Enciclopédia se tornou a bíblia do Iluminismo, a Maçonaria proveu os rituais e a hierarquia, com a Igreja Católica sendo a inimiga.
Em 1738, o Papa Clemente XII emitiu sua bula papal In Eminenti, condenando a Maçonaria e dando muitas razões, incluindo “juramentos de sigilo e de fidelidade à Maçonaria.” Ele proibiu severamente os católicos a aderir sociedades maçônicas, ameaçando uma excomunhão contra aqueles ainda “favoráveis” a estas sociedades.
Em 1825, o Papa Leão XII lamentou o fato de que os governos não tinham prestado atenção aos decretos papais contra a Maçonaria, e que, portanto, a Maçonaria engendrou seitas ainda mais perigosas.
Papa Pio VIII escreveu sobre os maçons na sua Encíclica Traditi (1829): “A lei deles é mentira, seu deus é o diabo, e seu culto é torpeza”.
Papa Gregório XVI escreveu na Mirari Vos (1832): “O mal sai das sociedades secretas, abismo sem fundo da miséria, que essas sociedades conspiratórias têm cavado e em que as heresias e seitas têm, como pode ser dito, vomitado como numa privada toda a sua licenciosidade, sacrilégio e blasfêmia.”
Mais tarde, na Humanum Genus (1884), o Papa Leão XIII afirmaria que alguns maçons “têm simplesmente determinado e proposto que, engenhosamente e de propósito estabelecido, a multidão deveria ser saciada com uma licença ilimitada de vícios, como quando isso fosse feito, ela iria facilmente cair sob seu poder e autoridade para quaisquer atos de ousadia.”
Na verdade, a Igreja Católica tem sido tão inflexível em sua posição contra a Maçonaria que o Cânon 1374 do novo Código de Direito Canônico (1983) estipula: “Aquele que ingressa numa associação que trama contra a Igreja seja punido com justa pena; quem promove ou preside tal associação, no entanto, deve ser punido com uma interdição.” O Vaticano, em seguida, reafirmou que “os fiéis que pertencem às associações maçônicas estão em estado de pecado grave e não podem receber a Sagrada Comunhão”.
Mas vamos voltar ao início de 1800.
Os “maçons iluminados” eram claros e sem reservas no seu desejo de destruir a Igreja Católica. Seu objetivo era destruir o cristianismo, mas eles admitiam que este não poderia ser arruinado pelo lado de fora. Eles tiveram que fazer um duplo ataque.
O fundador dos Illuminati, Adam Weishaupt, tinha formulado uma parte da estratégia no final de 1700: “Vamos infiltrar aquele lugar [o Vaticano], e uma vez lá dentro, nós nunca sairemos. Nós vamos abrir um buraco por dentro até que nada mais reste senão uma concha vazia.”
Os maçons tinham por objetivo se infiltrar “nas sacristias, seminários e mosteiros.” Mas seria necessário algum tempo para os maçons entrarem nas instituições católicas. Então, eles tinham outro plano. Tinha a ver com as mulheres.
“A fim de destruir o catolicismo, é necessário começar por suprimir a mulher… Mas já que nós não podemos suprimir a mulher, vamos corrompê-las com a Igreja…” (Carta de Vindez para Nubius, nomes de guerra de dois líderes da Alta Vendita, a maior loja da Carbonari italiana, os revolucionários maçons, 9 de agosto de 1838.)
Os maçons aparentemente haviam entendido que as mulheres são as bússolas morais da sociedade. A serpente sabia disso quando se aproximou de Eva. Mesmo Confúcio disse que a mulher é a raiz moral da sociedade e que a cultura só vai se desenvolver na proporção da força moral de suas mulheres.
Assim como os maçons queriam infiltrar as ordens religiosas, também planejaram se infiltrar no mundo da moda. Eles planejaram influenciar as tendências da moda e do estilo das mulheres e crianças começando por envolver seu próprio pessoal na indústria da moda. Foi também o plano Illuminati para formar e controlar a opinião pública através da mídia.
Por essa época, São João Bosco (1815-1888), que viveu em Turim, na Itália, também combateu contra as várias forças do mundo. O Santo recebeu muitas visões na forma de sonhos. O segmento principal de quase todos os sonhos era a importância de manter a inocência e pureza.
A Igreja Católica sempre ensinou que todos os atos de impureza são pecados graves – todos eles! Todo pensamento impuro ou ato impuro é um pecado mortal (contanto que a pessoa perceba que é uma questão grave e faça isso de qualquer jeito). A triste realidade é que hoje, esses pecados graves são revestidos de açúcar e agora incentivados como inocentes (e até “saudáveis”!) “fantasiar”. Imaginem o que São João Bosco iria pensar se ele pudesse assistir canais de uma televisão de hoje ou andar em um shopping durante o tempo quente!
O início do século 20 foi também um momento de grandes mudanças na moda feminina. Em 1910, o Arcebispo de Paris liderou uma campanha contra a moda das mulheres sem recato. Pense sobre isso por um momento! O que as mulheres estavam usando em 1910 que era tão ruim?
Cinco anos depois, a Igreja lançou uma Diretiva Pastoral Geral afirmando que as mulheres devem se vestir decentemente na Missa e que o padre pode recusar-lhes a entrada na Igreja se elas não estiverem vestidas adequadamente.
O fato é que, em comparação com as modas modestas de apenas uma década ou duas antes desta, as novas modas apresentaram uma tendência alarmante para a imodéstia, que foi – considerando todas as coisas, simplesmente inaceitável. Visto da nossa perspectiva, há que se querer saber se os Papas estavam ou não a par do plano dos designers de moda para eles terem soado o alarme sobre as novas modas tão cedo, historicamente falando.
Imagine os estilos muito conservadores desse período anterior ao das melindrosas dos anos 20 que viram saias curtas até os joelhos e vestidos sem mangas. Obviamente, a moda já estava mudando drasticamente, e não para melhor.
Em 13 de maio de 1917, Nossa Senhora de Fátima apareceu a três crianças em Portugal. Ela iria aparecer no dia 13 dos próximos cinco meses e, mais tarde, dizer a uma das crianças, a Beata Jacinta Marto, que “mais almas vão para o inferno por causa dos pecados da carne, do que por qualquer outra razão”. Esta criança inocente podia não entender plenamente o que significava “pecados da carne”, mas o Catecismo de Baltimore nos ensina que esses pecados são do âmbito do Sexto e Nono Mandamentos.
Nossa Senhora de Fátima também disse que seriam introduzidas certas modas “que ofenderiam muito Nosso Senhor”. Jacinta comentou mais tarde que as pessoas que servem a Deus não devem seguir as tendências da moda atual. Jacinta também disse que a Igreja não tem modas e que “Nosso Senhor é sempre o mesmo”.
As calças apareceram nas passarelas da moda de Paris, em 1920. No ano seguinte, o Papa Bento XV expressou seu choque por causa das mulheres que abraçam as tendências da moda atual e estilos de dança. Ele escreveu: “Não se pode deplorar suficientemente a cegueira de tantas mulheres de qualquer idade e posição. Feitas de bobas por um desejo de agradar, elas não vêem em que medida a indecência de suas roupas choca a cada homem honesto e ofende a Deus. A maioria delas ficaria enrubescida por causa deste tipo de vestuário, como por uma falta grave contra a modéstia cristã. Agora não basta exibir-se em vias públicas, elas não temem cruzar o limiar de igrejas, para assistir ao Santo Sacrifício da Missa, e até mesmo carregar o alimento sedutor das paixões vergonhosas para a mesa eucarística, onde se recebe o Autor da Pureza Celestial. E nem vamos falar das danças exóticas e bárbaras recentemente importadas para os círculos da moda, uma mais chocante que a outra; não se pode imaginar nada mais adequado para banir todos os resquícios de modéstia.” (Carta Encíclica Sacra Propediem, 6 de janeiro de 1921.)
Na década de 1920, os estilos de roupas femininas estavam tomando um visual radical e revolucionário. Pela primeira vez na história, as mulheres refinadas foram vistas vestindo mangas acima do cotovelo e bainhas que rastejavam acima do joelho. Lembre-se da diretiva Maçônica: “Primeiro despir-se até ao cotovelo e, depois, até os joelhos, depois braços e pernas completamente descobertos, mais tarde, a parte superior do tórax, os ombros, etc. etc.”
Em 1928, o Papa Pio XI, escreveu: “Há um esquecimento triste da modéstia cristã, especialmente na vida e no vestuário da mulher”. (Carta Encíclica Redemptor Miserentissimus.)
Católicos mundanos e sociedade secular responderam dizendo que a modéstia no vestir era regulada por “costumes e estilos de tempo, lugar e circunstâncias.” Eles incentivaram as mulheres a ignorar estas declarações da Igreja. Em vez disso, eles disseram, é a sociedade e a cultura que devem ditar o que é modesto e apropriado.
Mas em suas publicações, os maçons tinham revelado o seu motivo e plano. É doloroso repetir a citação seguinte:
“A religião não teme a ponta da adaga, mas pode desaparecer sob a corrupção. Não vamos nos cansar de corrupção: nós podemos usar um pretexto, como o desporto, a higiene, os recursos da saúde. É necessário corromper, que nossos meninos e meninas pratiquem o nudismo no vestuário. Para evitar muita reação, se teria que avançar de forma metódica: primeiro despir-se até ao cotovelo e, depois, até os joelhos, depois braços e pernas completamente descobertos, mais tarde, a parte superior do tórax, os ombros, etc. etc.” (International Review on Freemasonry, 1928).
Se você olhar para as tendências da moda desde 1928, você pode ver que os estilos têm seguido muito de perto esta estratégia. Naquela época, as roupas já estavam até os cotovelos e joelhos.
O ano de 1928 foi também o início da Cruzada do Papa Pio XI Pela Modéstia. Faz pensar que ele pode ter sabido sobre o plano da Maçonaria. A Cruzada Pela Modéstia começou com uma Carta aos Bispos da Itália (23 de agosto de 1928) e foi dirigida principalmente às escolas administradas pelas irmãs religiosas. Ele falou contra as modas indecentes “que prevalecem hoje em detrimento da boa educação…”
Então, em 12 de janeiro de 1930, a Sagrada Congregação do Concílio (agora chamada de Congregação para o Clero), por despacho do Papa Pio XI, emitiu uma Carta aos Bispos que exortou os bispos, padres, freiras, professores, pais, etc. a insistir na modéstia para os que estão sob seu comando. O documento conclui com estas palavras:
“Donzelas e mulheres vestidas indecentemente estão impedidas de comungar e de atuar como madrinhas nos sacramentos do Batismo e da Confirmação, ainda, se o delito for extremo, podem mesmo ser proibidas de entrar na igreja.”

Instruções detalhadas sobre a modéstia no vestuário das mulheres tinham sido emitidas em 24 de setembro de 1928, pelo Cardeal-Vigário (Vigário Geral), do Papa Pio XI, em Roma, o Cardeal Basilio Pompili:
“Recordamos que um vestido não pode ser chamado de decente se é cortado mais que a largura de dois dedos sob a cova da garganta, se não cobre os braços pelo menos até os cotovelos, e se mal chega até um pouco abaixo dos joelhos. Além disso, os vestidos de materiais transparentes são impróprios…”
O Papa Pio XII (1939-1958) continuou a Cruzada Pela Modéstia durante seu pontificado. Numa alocução de 22 de maio de 1941 para as meninas católicas durante a II Guerra Mundial, ele pediu-lhes para não cair em modismos que tinham sido, até então, usados somente por “mulheres de virtude duvidosa.” Suas palavras são um lembrete de que a Igreja é sempre consciente da salvação das almas.
“O número de fiéis e mulheres piedosas… Aceitando seguir certas modas ousadas, quebram, pelo seu exemplo, a resistência de muitas outras mulheres a tais modas, que poderão ser a causa da ruína espiritual para elas. Enquanto estes estilos provocativos permanecem identificados com as mulheres de virtude duvidosa, boas mulheres não se atrevem a segui-los, mas uma vez que estes estilos são aceitos por mulheres de boa reputação, mulheres decentes logo seguem o seu exemplo, e são arrastadas pela maré até um possível desastre.”
Os bispos canadenses continuaram na primavera de 1946, desta vez, advertindo os homens a usar camisas em público, mesmo na praia e para evitar calças apertadas.
Naquele verão de 1946, o primeiro biquíni aportou orgulhosamente nas passarelas de Paris. Coco Chanel voltou à cena fashion em 1954 e reintroduziu suas criações da década de 1930.
Naquele verão, o Papa Pio XII disse: “Agora, muitas meninas não vêem nada de errado em seguir certos estilos desavergonhados, assim como muitas ovelhas. Elas certamente enrubesceriam se pudessem adivinhar a impressão que elas causam e os sentimentos que despertam em quem as vê”. (Alocução às Filhas de Maria Imaculada, 17 de julho de 1954.)
O Papa Pio XII advertiu as mulheres que, se determinados estilos eram uma ocasião de pecado para os outros, era o seu dever não usá-los. Ele também alertou as mães para ter certeza que seus filhos estavam vestidos com modéstia. Sua admoestação atemporal soa como se pudesse ter sido escrita hoje!
“O bem da nossa alma é mais importante do que o nosso corpo, e nós temos que preferir o bem-estar espiritual de nosso próximo ao nosso conforto corporal… Se certo tipo de vestimenta constitui uma ocasião grave e imediata de pecado, e põe em perigo a salvação de sua alma e de outros, é seu dever desistir de usá-lo…
”Ó mães cristãs, se vocês soubessem o que um futuro de ansiedades e perigos, de dúvidas depressivas, de mal suprimida vergonha vocês preparam para seus filhos e filhas, deixando-os imprudentemente acostumados a viver escassamente vestidos e fazê-los perder o senso de pudor, vocês teriam vergonha, e temeriam o dano que vocês estão causando a vocês mesmas, os danos que vocês estão causando a essas crianças, a quem o Céu confiou a vocês para serem educadas como cristãs”. (Alocução às Meninas da Ação Católica, 22 de maio de 1941.)
Tragicamente, algumas mães de hoje estão permitindo que suas filhas vistam-se como uma “prostituta chique”. Os pais tornaram-se insensíveis aos modismos de hoje? Eles foram enganados pela indústria da moda? Manipulados por querer que seus filhos sejam “populares”?
Seja qual for a razão, um comentador vai direto ao ponto:
”A triste verdade é que muitas garotas pré-adolescentes e adolescentes de hoje se vestem como prostitutas… Como tantas meninas acabam parecendo objetos sexuais? Como? Porque os pais deixam…
“Encare os fatos: a maioria dos jovens entre 12 e 16 anos de idade não têm acesso a muito dinheiro a menos, claro, que seus pais lhes dêem… E geralmente é a mãe que leva alegremente suas queridinhas ao shopping para um dia de compras. Encare isso: as meninas se vestem de acordo com o que suas mães permitem.
”Eu pensava que as mães deveriam supostamente proteger suas filhas, ensiná-las a valorizar a si mesmas e seus corpos. Que chance tem uma menina de manter intacta a inocência da infância, quando a mãe que está conduzindo-a a loja e pagando as tangas, as micro-saias, o jeans de cós baixo e os decotes profundos?
“E quando os pais começaram a deixar suas preciosas meninas vestirem-se como “damas da noite”? Olá, tem alguém aí fora?”(Rebecca Hagelin, “America’s little girls… or tramps?” (Meninas dos Estados Unidos… ou prostitutas?), World Net Daily, 4 de março de 2005.)
Será que os pais percebem que “damas da noite” nas esquinas das ruas na década de 1950 não usariam o que algumas meninas usam para ir ao shopping estes dias?
Então, vamos voltar à década de 1950.
O Papa Pio XII reconheceu que as mulheres são a fibra moral da sociedade, e ele sabia que a cultura iria implodir se a modéstia não fosse posta em prática. “A sociedade revela o que é pelas roupas que veste”, disse Pio XII, em 29 de agosto de 1954. “… Um modo indigno, indecente de se vestir tem prevalecido”, sem distinção de qualquer lugar, “em praias, resorts no campo, nas ruas, etc. O vício necessariamente segue a nudez em público…”.
O Papa não foi o único que tinha algo a dizer sobre a espiral descendente da moda.
A roupa cotidiana estava usando cada vez menos material, e ir à praia era um passatempo relativamente novo que estava ganhando popularidade. Em 1959, o Cardeal Pla y Daniel, arcebispo de Toledo, Espanha, afirmou:
“Um perigo especial para a moral é representada por banhos públicos nas praias… O banho misto entre homens e mulheres, que é quase sempre uma ocasião próxima de pecado e um escândalo, deve ser evitado.”
O cardeal foi simplesmente ecoando e reforçando o que sabiam os imperadores romanos há dois mil anos: natação mista leva à promiscuidade. Isso é um longo caminho de onde nossa cultura está hoje, não é?!
O Cardeal Siri, de Gênova, Itália, escreveu uma carta, em 1960, chamada “Notificação relativa ao traje masculino usado pelas mulheres“. Ele expressou a preocupação de que pelo uso de calça comprida, as mulheres estavam imitando e competindo com os homens. Sua preocupação era que isso provocaria nas mulheres as atitudes mentais de um homem, e iria alterar os gestos da mulher, atitudes e comportamento.
Cada mulher que eu conheço reconhece que, quando ela está usando um vestido, ela se move e age de forma diferente de quando ela está vestindo calças.
O santo Padre Pio recusou às mulheres o acesso ao confessionário se os seus vestidos fossem muito curtos. Na porta da igreja estava esta mensagem:
“Por desejo explícito do Padre Pio, a mulher deve entrar no confessionário vestindo saias, pelo menos, vinte centímetros abaixo do joelho. É proibido emprestar um vestido longo na igreja para usá-lo no confessionário.”

Como um autor comentou, enquanto os estilistas tinham saias subindo para mais de vinte centímetros acima do joelho, o Padre Pio alertou as mulheres para manter suas saias vinte centímetros abaixo do joelho.
Mais recentemente, o Catecismo da Igreja Católica tinha uma série de coisas a dizer sobre a modéstia no vestir e no comportamento. Essas passagens são as mais pertinentes:
“A pureza exige o pudor, uma parte integrante da temperança. O pudor preserva a intimidade da pessoa. Significa recusar-se a revelar o que deveria permanecer oculto. É ordenada para a castidade, cuja sensibilidade é testemunho. Ele orienta como se olha para os outros e se comporta em relação a eles, em conformidade com a dignidade das pessoas e sua solidariedade. (2521). O pudor protege o mistério das pessoas e do seu amor…. A modéstia é decência. Inspira a escolha da roupa. (2522). O pudor inspira um modo de vida que torna possível resistir às seduções da moda e das ideologias dominantes. (2523). As formas tomadas pelo pudor variam de uma cultura para outra. Em toda parte, entretanto, a modéstia existe como uma intuição da dignidade espiritual própria do homem. Esta nasce com o despertar da consciência de ser um sujeito. Ensinar a modéstia às crianças e aos adolescentes significa despertar neles o respeito pela pessoa humana. (2524). “
Podemos ver que ao longo dos anos, a Santa Madre Igreja tem achado por bem educar e alertar os fiéis sobre as tendências da moda e sobre a gravidade da imodéstia e do comportamento e vestuário indignos.
Temos a evidência de que a moda hoje é o resultado de um planejamento por parte daqueles cujo objetivo é a destruição total da sociedade cristã. Mas também temos sido avisados a respeito de qual caminho tomar. Cabe a nós usar o nosso livre arbítrio e decidir o que fazer para as nossas famílias e a nós mesmos.
Colleen Hammond
Modéstia e castidade: virtudes desprezadas pelo mundo
Por Everth Queiroz Oliveira
“Ninguém pode ser ignorante do fato que, especialmente durante a estação de Verão, aqui e ali se têm visões que não podem senão ofender os olhos e almas dos que não consideram de importância secundária, ou que não menosprezam completamente, a virtude cristã e a decência humana. Não só nas praias e em locais de recreação no feriado, mas quase em todos os lugares, até mesmo nas ruas das cidades, nos lugares públicos e privados, e quase até mesmo dentro das igrejas, está sendo difundido um modo de vestuário indigno e inadequado. Para a alma da mocidade, tão inclinada ao mal, há o grande perigo de que este abuso entregue a sua inocência, o mais precioso e mais belo ornamento da alma e do corpo, ao sopro da morte. Os adornos da mulher, se é que pode ser chamado de vestuário o que não protege nem o corpo nem a modéstia, às vezes são tais que parecem encorajar a lascívia em vez da modéstia.”
(Carta da Igreja Católica aos bispos, 15 de agosto de 1954)
Modéstia e castidade são valores dos quais pouco se fala. A modéstia, que faz com que a castidade seja mais bem executada, se tornou sinônimo de atraso e as pessoas vão cada vez mais promovendo uma cultura de permissivismo sexual.
Todas essas atitudes de rejeição para com a castidade são apenas conseqüências do desprezo que o mundo moderno passou a cultivar para com a Igreja Católica, principal promotora da modéstia e de outros conceitos tão importantes da moralidade tradicional. Afinal, é bem verdade que se todos seguissem os conselhos dos Santos Padres, dos bispos e dos padres em comunhão com a Igreja certamente não veríamos tantas ofensas à pureza e à dignidade humana. Se todos ouvissem as palavras da Igreja acima expostas, certamente os meios de comunicação não se esforçariam para propagar ideologias tão perversas contra a família e as demais instituições da nossa sociedade.
De fato, o que vemos hoje nos meios de comunicação, as idéias que hoje são defendidas pela televisão, estão em total contradição com o Evangelho de Cristo e com as Palavras da Igreja. Mas por quê? Porque o homem se acha independente, pensa que pode viver feliz sem renunciar aos bens terrenos passageiros; vai deixando de ser racional e deixa que as paixões dominem seu ser. Chegou um tempo em que o homem começou a se “libertar” de Deus e da moral da religião. Esse processo atingiu seu cume com o comunismo, que se rebelou de maneira autoritária com a moralidade religiosa tradicional, perseguindo e matando aqueles que defendiam a fé católica e pregavam um mundo baseado nos valores cristãos.
Esse processo comunista de rompimento com a Igreja continua ocorrendo. E o principal meio do qual Satanás se usa para levar as pessoas à perdição é a mídia.
Há mais de cinqüenta anos atrás, os bispos bradavam: “[E]stá sendo difundido um modo de vestuário indigno e inadequado”! Hoje vemos completamente difundido esse jeito imodesto de se vestir. E o principal meio de propagação dessa ideologia é a televisão! Quando ligamos os nossos aparelhos e assistimos à Rede Globo no horário nobre, a única coisa que se vê é baixaria e depravação. Assista um dia [ou melhor: NÃO assista] ao Big Brother Brasil, ou às novelas, e você vai ver o que eu estou falando. As festas, as danças, os vestuários dos atores, tudo isso contribui para que esses programas sejam grandes propagadores da impureza e da perversão sexual. Mulheres que se insinuam para homens, homens que se insinuam para mulheres; mulheres que se insinuam para mulheres, homens que se insinuam para homens…
“Bem melhor fariam os educadores da juventude clerical, inculcando-lhe as normas do pudor cristão, que tanto contribui para manter incólume a virgindade, e bem pode chamar-se a prudência da castidade. O pudor adivinha o perigo, obsta a que se afronte, e leva a evitar aquelas mesmas ocasiões de que não se acautelam os menos prudentes. Ao pudor não agradam as palavras torpes ou menos honestas, e aborrece-lhe a mais leve imodéstia. Ele afasta-se da familiaridade suspeita com pessoas do outro sexo, porque enche a alma de profundo respeito pelo corpo, membro de Cristo (cf. l Cor 6, 15), e templo do Espírito Santo (l Cor 6, 19). A alma cristãmente pudica tem horror de qualquer pecado de impureza e retira-se ao primeiro assomo da sedução.”
(Papa Pio XII, Sacra Virginitas, n. 56; 25 de março de 1954)
Quão horrenda é a atitude daquelas mulheres que, sem nenhum pudor, se vestem imodestamente e anunciam publicamente, em seu modo de vestir, que “que são infames instrumentos de que o inferno se serve para perder as almas” (Santo Cura d’Ars). Mas, no mundo moderno, tudo isso – observem a contradição – é louvado e apreciado. É por isso que lemos no Santo Evangelho que “o amor do mundo é abominado por Deus” (Tg 4, 4). Sim. Tudo aquilo que o mundo aprecia é desprezado e rejeitado pelo Altíssimo. Aquele que ser cristão ouça bem: está fazendo uma escolha difícil. Aquele que quer seguir a castidade terá que tomar a Cruz do sofrimento e terá de estar sempre em constante vigilância e oração.
Nesse sentido, recomendo a todos a leitura da encíclica Sacra Virginitas, do Papa Pio XII, onde ele fala da virgindade e da castidade. Fala também da modéstia, esse valor tão importante para que a castidade possa ser verdadeiramente amada e preservada. Outra recomendação é a leitura freqüente do apostolado Moda e Modéstia, da Julie Maria. São conselhos fundamentais para todos que não compactuam com a mentalidade suja desse mundo. No mais, rezemos e peçamos à Santíssima Virgem Maria, modelo perfeito de pureza e de virgindade, para que nos ajude a trilhar o caminho da castidade na humildade obediência a Nosso Senhor.
Graça e paz.
Salve Maria Santíssima!
O Liberalismo é Maçônico
Jean Madiran*

Os dois significados da palavra "liberal"

Liberal, da palavra latina liberalis, se diz daquele que é generoso (capaz de "liberalidades") e, de forma geral, de tudo o que é digno de uma pessoa de condição livre, em oposição a condição de escravo. Liberales artes ou doctrinae, as "artes liberais", é a erudição. Este primeiro significado sobrevive mais ou menos na expressão: as "profissões liberais" (advogado, médico, arquiteto, escritor, etc.), quer dizer, as que se exercem mais livremente que as profissões asalariadas. A liberalidade consiste, então, em ter a disposição a dar generosamente, ou então, o dom mesmo feito com generosidade. Ser liberal, no sentido que empregam esta palavra Bossuet, Moliere e La Fontaine, é o contrário de ser mesquinho ou avaro. Este primeiro significado não faz nenhuma referência a uma doutrina política ou moral particular.
O segundo significado é ideológico. O liberal é então um partidário do liberalismo, doutrina que pode ser econômica, moral, política, religiosa, que faz da liberdade o princípio diretor (supremo ou inclusive único) da vida individual ou coletiva.
Ideologia por sua vez filosófica e religiosa, política e moral, econômica e social, o liberalismo encontra resumida sua expressão mais definitiva no hino que uma hierarquia maçônica fazia cantar em 1984 as organizações católicas no momento das manifestações pela liberdade escolar: "Liberdade, creio que tu és a única verdade."


O primeiro erro do liberalismo


Fazendo da liberdade o princípio supremo ou único da organização política e social, o liberalismo comete o error de não reconhecer seu justo lugar a outros princípios, iguais ou superiores: entre outros o princípio nacional, enaltecido pelo nacionalismo, já que eleva o bem comum nacional acima dos interesses particulares.

O segundo erro do liberalismo

Ademais, a liberdade da qual o liberalismo faz seu princípio supremo não é qualquer liberdade abstrata ou concreta. É uma certa liberdade: a entendida em seu sentido muito determinado, aquele da "declaração dos direitos do homem" de 1789.

Os direitos do homem

Os próceres do liberalismo reconhecem unanimemente que "os direitos do homem são o problema fundamental do mundo de hoje". Eles deixam 1793 para a "esquerda marxista" e reclamam a de 1789 como se fosse "a propriedade dos liberais" e sua "herança".
Não digo que aprove que os liberais invoquem continuamente os "direitos do homem" em geral, mais do que falar a uns e a outros de seus deveres recíprocos, mas posso compreende-lo de parte dos parlamentares que imaginam dirigir-se a seus futuros eleitores.
Sem embargo, existem outras "declarações de direitos" além daquela de 1789. Existe a "declaração universal dos direitos do homem" feita pela ONU em 1948. Por sua origem e por seu destino é muito mais "universal" precisamente e, em certa maneira, mais oficial que a de 1789. Por outra parte e algo diferente, mencionamos os direitos da família, que com freqüência os católicos invocam quando desejam mostrar que também eles podem falar dos "direitos do homem", destacando, na necessidade, que é menos criticavel. E primeiramente estava a declaração americana de 1776, que em vários de seus artículos não era muito melhor que a francesa de 1789, mas tinha ao menos sobre ela a vantagem de invocar a Deus e de fundar os direitos do homem mais sobre a vontade divina do que sobre o arbítrio humano.
Teoricamente existe uma certa margem de escolha. Entre estas diversas declarações de direitos os liberais tem o costume de apoiar-se na que é mais discutível, em todo caso certamente, na mais maçônica: a de 1789.

O plano maçônico

A "declaração dos direitos do homem" e "do cidadão" de 26 de agosto de 1789 figura no preâmbulo da primeira constituição francesa, que foi a de 3 de setembro de 1791.
A Constituição de 1791 não é, em resumo, nada mais que a primeira Constituição política da França. Outra constituição a precedeu, conseqüência ainda mais direta, mais próxima, da declaração dos direitos de 1789, foi uma constituição religiosa: a "constituição civil do clero" de 12 de julho de 1790.
Pois, se declaração maçônica dos direitos de 1789 era dirigida contra o "Antigo Regime" em geral, estava mais direcionada contra o Antigo Regime religioso do que contra o Antigo Regime político; mais contra a Igreja que contra a monarquia, e é por isso que a constituição política de 1791 define então a França como um "reino", declara que o "governo é monárquico" e que é exercido "pelo rei"; e que o "trono se delega hereditariamente a linhagem reinante de varão a varão, por ordem de primogenitura". No entanto, mais de um ano antes, a constituição religiosa de 1790 havia juridicamente desintegrado a Igreja católica da França.
Este plano maçônico contra a Igreja foi de tal maneira prioritário que foi posto em prática pela Assembléia constituinte desde 20 de agosto de 1789, quer dizer, antes mesmo que fosse terminada a declaração dos direitos do homem. Era a primeira prioridade. Assim, a cronologia mostra que já o "liberalismo" de 1789, do qual fazem referência nossos liberais, era essencialmente anti católico.
A declaração dos direitos de 1789 continha sem dúvida a condenação de um certo número de abusos efetivamente condenáveis e unanimemente reprovados. Mas continha também a formação doutrinal do plano anti católico da franco maçonaria, por uma nova definição do que deve ser a liberdade e do que é necessário rechaçar como arbitrário; em seguida toda autoridade que não proceda expressamente da vontade geral manifestada pelo sufrágio universal deve ser considerada como uma autoridade arbitrária, sendo um intolerável ataque a liberdade. É o resultante dos artículos 3 e 6 e que, por outra parte, confirmaria a declaração universal da ONU de 1948.
Proclamando que as únicas autoridades legítimas são aquelas que emanam expressamente da vontade geral, os redatores da declaração de 1789 podem não haver se dado conta de que aboliam assim a autoridade do homem sobre a mulher no matrimônio, a dos pais sobre os filhos sobre os filhos, a do mestre sobre os alunos e assim sucessivamente. A lógica do demônio seguirá seu curso anárquico no século XIX e sobretudo no século XX. Mas a franco maçonaria, inspiradora e promotora da declaração, sabia bem que assim colocaria fora da lei, como contrários aos direitos do homem, toda idéia de uma lei divina superior a consciência humana e toda autoridade espiritual da Igreja Católica. Em conseqüência, desde 1790 foi decretado que os bispos, daí em diante, seriam eleitos pelo colégio departamental dos eleitores ordinários, incluídos os eleitores não católicos ou incrédulos.
A declaração maçônica de 1789 estava, pois, dirigida contra a religião católica. Michelet teve toda razão ao designa-la como "o credo da nova idade": quer dizer, destinada a tomar o lugar de Eu creio em Deus. A liberdade de 1789 é a de "nem Deus, nem senhor". Adiante, a única moral, a única religião eventualmente admissível é aquela da qual cada consciência, em sua criatividade soberana, se forja uma idéia subjetiva, válida somente para ela mesma. A isto se da o nome também de "anti dogmatismo".

Um ideal característico

A pergunta que surge a propósito dos liberais não é a de sua dependência, de alguma maneira administrativa, a uma obediência maçônica. Não é que esta pergunta não tenha importância, mas, como sabe-lo? A dependência pode ser secreta e publicamente negada. É a diferença em relação a uma dependência religiosa. Um católico não está de nenhum modo obrigado por sua religião a manifestar que é membro do Touring Club da França ou da Associação Guillaume Budé, que aprova os amigos de Robert Brasillach, ou ao Socorro da França: mas jamais tem o direito, ainda que devesse dar sua vida, de dissimular que é católico. Ao contrário, parece que a ética maçônica reconhece o direito, eventualmente o dever dos franco maçom, de dissimular que o são. Por outra parte, existem pessoas que se tornam franco maçons para ter maior êxito em sua carreira financeira, administrativa ou política, sem comprometer suas convicções. Sem dúvida eles subestimam o fato de que a solidariedade maçônica possa leva-los muito mais longe do que pensam. Que tal ou qual liberal seja membro de uma loja e que o seja com esta ou aquela intenção não o sei e não tenho nenhum modo de sabe-lo com certeza. No entanto, os liberais são os predicadores e os apóstolos do liberalismo maçônico de 1789, cujo segundo centenário foi fervorosamente celebrado. Por seu ideal de referência e por sua doutrina assim invocada são franco maçons.

Uma reivindicação limitada

Será necessário esclarecer? Analisando a natureza maçônica do liberalismo francês não persigo de nenhuma maneira o plano inquisitorial, e que seria utópico na V República tal como esta constituída, de proibir aos franco maçons participar da vida pública. Meu plano é muito mais modesto; muito mais limitado; mas é "democraticamente" legítimo: é que pudéssemos ser representados, nós que não temos relação com a franco maçonaria, por pessoas que não sejam franco maçons de fato ou de coração. Os liberais não são forçosamente franco maçons de fato; são franco maçons de coração e por isso seu coração nos é exatamente revelado por seus discursos sobre a declaração dos direitos s de 1789. A medida que se aprende a conhecer um pouco melhor a essência dos partidos políticos, da representação parlamentar, da imprensa, se adverte que os franco maçons souberam perfeitamente estabelecer-se nas formações e nos jornais com vocação de servir-lhes. Mas também nos outros. Em todos os outros ou em quase todos.
Meu plano, a este respeito, modesto e limitado, sempre foi criar, favorecer, ampliar um espaço de liberdade social e política onde os franceses de tradição nacional e católica pudessem reconhecer-se, informar-se, instruir-se, sem serem acompanhados e influenciados por aqueles, conscientes ou não, mais ou menos afiliados secretamente a franco maçonaria ou intelectualmente anexados a seu ideal anti dogmático.

(*) Publicado na Revista "Roma" N 98, de março de 1987.

Jean Madiran é Jornalista e escritor, autor de obras políticas como (Maurras et comme Les deux démocraties), literárias como (Brasillach), filosóficas como (Gilson, « Chroniques philosophiques » et comme Le principe de totalité), e religiosas como (Le Concile en question).

De 1956 à 1996 : foi diretor-fundador da revista mensal Itinéraires.

Depois de 1982 : co-diretor-fundador do diário Présent.
http://reconquistabr.blogspot.com/2007/01/o-liberalismo-manico.html

MAÇONARIA

E da boca do dragão, e da boca da besta, e da boca do falso profeta, vi saírem três espíritos imundos, semelhantes a rãs.
Apoc. 16:13

Pois são espíritos de demônios, que operam sinais; os quais vão ao encontro dos reis de todo o mundo, para os congregar para a batalha do grande dia do Deus Todo-Poderoso.Apoc. 16:14

SATANÁS APRESENTANDO-SE COMO CRISTO E OPERANDO COM TODO O ENGANO DA INJUSTIÇA NAQUELES QUE SE ESTÃO UNINDO EM SOCIEDADE SECRETAS.
8T, PÁG 27-28

NÃO NOS DEVEMOS ASSOCIAR A SOCIEDADES SECRETAS NEM EM UNIÕES TRABALHISTAS DEVEMOS PERMANECER LIVRES, PERANTE DEUS, Á ESPERA CONSTANTE DE
INSTRUÇÕES DE CRISTO
.3TS,115.

Pessoas há que perguntam se é direito cristãos pertencerem aos Maçons e outras sociedades secretas. Considerem eles as passagens acima citadas. Se somos na verdade cristãos, precisamos sê-lo em toda parte, e considerar e dar ouvidos ao conselho dado para tornar-nos cristãos segundo a norma da Palavra de Deus. M.E. pag.122

Aqueles que se acham sob a ensangüentada bandeira do Príncipe Emanuel, não se podem unir aos Maçons ou a outra qualquer organização secreta.
M.E. vol. 2 pag. 140

O Senhor também me revelou a conexão do irmão Faulkhead com os maçons, e afirmei claramente que se ele não rompesse todo laço que o prendia a essas associações, perderia sua alma. M.E. vol.3 pag.85

ARQUITETURA DA NOVA ERA
Nº 1 SHAMBALA
Nº 2 FRATERNIDADE BRANCA
Nº 3 MAYTREIA
Nº 4 EUA E VATICANO (INFILTRAÇÃO MAÇÔNICA NA IGREJA).
Nº 5 SERVIDORES DO MUNDO
Nº 6 SERVIDORES DO MUNDO ASPIRANTES E SIMBOLOGIA

MAÇONARIA HISTÓRICA
1º PRIMITIVA BAIXA IDADE MÉDIA
2º OPERATIVA ALTA IDADE MÉDIA
3º ESPECULATIVA ATUAL

3 FASES

LOJA AZUL
3 PRIMEIROS GRAUS
1º APRENDIZ
2ºCOMPANHEIRO
3ºMESTRE

MÍSTICA DO TEMPLO
HIRAM ABIF ARQUITETO MOR DO TEMPLO DE SALOMÃO

TEMPLÁRIOS
SURGIU EM 1118 D.C NAS CRUZADAS SAGRADAS(ORDEM DOS POBRES COMPANHEIROS DE CRISTO DO TEMPLO DE SALOMÃO,BASEADO NA CABALA E NO MISTICISMO DO TEMPLO.

CRIARAM UM SINCRETISMO ESPIRITUAL, COM BASE EM MODELOS DE CULTURAS DIVERSAS, INCLUINDO UMA MESCLA DE ISLAMISMO,JUDAÍSMO,HINDUÍSMO E RITOS DE DIVINDADES DIVERSAS.

OS MAÇONS SE AUTO PROCLAMAM DESCENDENTES DOS TEMPLÁRIOS E HERDEIROS DOS SEUS IDEAIS, DE FORMAR UMA UNICA RELIGIÃO E UM GOVERNO MUNDIAL

A MAÇONARIA É RELIGIÃO, E DEVE FINALMENTE, SER A ÚNICA RELIGIÃO DA HUMANIDADE,POIS É A ÚNICA RELIGIÃO EM QUE O PLANO DA SALVAÇÃO É DELINEADO.
TRADIÇÃO DA FRANCO MAÇONARIA PÁG. 66

"A Maçonaria não tem nada que ver com a Bíblia; não está baseada na Bíblia, pois, se estivesse, não seria Maçonaria, seria alguma outra coisa." [The Digest of Masonic Law, pg 207-209]

"Nos ritos modernos da feitiçaria, encontramos termos e expressões que também são empregados na Maçonaria, na Alvorada Dourada, e e outras sociedades ocultistas." [Arnold e Patricia Crowther, The Secrets of Ancient Witchcraft, pg 22].

"Toda loja maçônica é um templo de religião, e seus ensinos são instruções em religião". [Albert Pike, Morals and Dogma, pg 213. Pike foi um maçom de Grau 33, líder da Jurisdição Sulista do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria.].

NIVEIS AVANÇADOS
ILUMINADOS
PARTICULARES
RITO ESCOCES
RITO DE YORK
LOJA AZUL
SANTUARIO
ROTARY CLUBE

OBELISCO E AVENTAL

PROFANAÇÃO DO TUMULO DO CASAL WHITE COM OBELISCO

3 PONTOS AS TRES LUZES

OLHO QUE TUDO VÉ

Triângulo Eqüilátero:
Desde remota Antigüidade, o triângulo eqüilátero tem sido considerado o símbolo da trindade divina por excelência, e também tomado como o signo da alma perfeita e dos altos iniciados. Nos vestutos monumentos Cristãos tem sido encontrado associado ao monograma de Cristo, na Maçonaria e para o estudante Rosa-cruz figura perpetuado esse elevado conceito.

SIMBOLO MAÇONICO DE DEUS

PRINCIPIOS DE VIDA PG.41
PRINCIPIOS DE VIDA PG.41

Quadro alquímico do século xv

A Alma tem por missão equilibra-los e aperfeiçoa-los, de sorte a transformar o seu caráter num " triângulo eqüilátero" perfeito como o Delta Maçônico, isto é, um reflexo do "Divino Triângulo eqüilátero", símbolo do Altíssimo manifestado plena e harmoniosamente como "Pai – Filho – Espírito Santo"em seu universo. Jeronimo J F Lucena voz da Maçonaria

O triângulo eqüilátero é usado como símbolo da divindade maçônica e representa os três atributos divinos: força, beleza e sabedoria, e também os três reinos: mineral, vegetal e animal. O triângulo com um olho no centro representa a onipotência, a onisciência e a onipresença divina; também conhecido como o olho que tudo vê de Satanás. (Veja na Ilustração).

A pirâmide é o sólido derivado do triângulo e simboliza o homem em busca da divindade e das energias cósmicas que seriam captadas pelo ápice e irradiadas até a base. A pirâmide é o símbolo da hierarquia espiritual da Nova Era, e é no seu ápice que se encontra o olho do deus da Maçonaria: Lúcifer, o originador desse movimento sinistro.

A MAÇONARIA VENÉRA A TRINDADE SOB VARIAS FORMAS QUE REMONTA DOS ANTIGOS EGÍPICIOS : ÍSIS,OSÍRIS,ADONES DA BABILÔNIA E DA PERSA ATÉ SUA EVOLUÇÃO AO CRISTIANISMO SENDO O SIMBOLO DO DEUS DA MAÇONARIA O DA [TRINDADE CRISTÃ].

NOTEM A PIRÂMIDE NA CABEÇA DO “PAI”, E QUE OS RAIOS QUE SAEM DA POMBA TAMBÉM FORMAM UMA PIRÂMIDE. A POMBA AQUI REPRESENTA CLARAMENTE O OLHO LUCIFERIANO

COMPARE E VEJA

VEJA O QUE DIZ ALBERT PIKE , PONTÍFICE SOBERANO DA FRANCO- MAÇONARIA UNIVERSAL, EM SEU LIVRO INTITULADO “AS INSTRUÇÕES AOS VINTE TRÊS CONCÍLIOS SUPREMOS DO MUNDO”, PÁG. 586:

A RELIGIÃO MAÇÔNICA DEVERÁ SER CONSERVADA POR TODOS NÓS OS INICIADOS DOS ALTOS GRAUS , NA PUREZA DA DOUTRINA LUCIFERIANA.

SE LÚCIFER NÃO FOSSE DEUS , O CALUNIARIA ADONAY, CUJOS FEITOS COMPROVAM SUA CRUELDADE , PERFÍDIA E ÓDIO AO HOMEM, BARBARISMO E REPULSA PELA CIÊNCIA, O CALUNIARIA ADONAY E SEUS SACERDOTES? SIM , LÚCIFER É DEUS E , DESAFORTUNADAMENTE , ADONAY TAMBÉM É DEUS.

ESQUADRO E COMPASSO

PENTAGRAMA

FORÇA DA SERPENTE

TEOLOGIA MAÇONICA
MISTERIOS DA ANTIQUIDADE E DE TODAS AS RELIGIÕES DOGMATICAS

EGITO,BABILONIA,PERSA,CABALA JUDAICA E OUTROS .
O RITO MAIS CELEBRE E TRADICINAL COM DESTINO AO SANTUARIO SEM DUVIDA É O ESCOCES COM 32ºGRAUS
SENDO O 33ºTOTALMENTE HONORARIO

ALBERT PIKE
Pike foi o Grande Comandante da Maçonaria norte-americana de 1859-1891. Durante seu mandato, teve um visão global do que a Maçonaria poderia alcançar, e usou seu imenso intelecto para cumprir essa visão. Conseqüentemente, ele foi considerado o maior líder maçom do seu tempo e, talvez, o maior de toda a história

Era reconhecidamente um gênio;
Falava 16 idiomas fluentemente;
Formou-se pela Universidade de Harvard;
Alcançou a patente de General-de-Brigada do Exército Confederado na Guerra Civil;
Conhecia perfeitamente o sistema ocultista judaico, a Cabala, o sistema fundamental da Nova Ordem Mundial.

Agora, vamos retornar a um dos maiores ocultistas da história, Albert Pike. Como a maioria dos ocultistas, Pike tinha espíritos-guia sobrenaturais, que lhe ensinavam "Sabedoria Divina" sobre como atingir a Nova Ordem Mundial. Um 'espírito-guia' é um 'ser' que vem ao encontro de alguém que tenha se envolvido na prática do ocultismo; no entanto, compreenda que muitas pessoas que praticam as religiões da Nova Era não vêem isso como uma coisa má.

Na verdade, elas rebatem veementemente, dizendo que ficam repletas de alegria e de felicidade com a interação com seus "espíritos-guia", não percebendo que estão sendo temporariamente enganadas por Satanás que, juntamente com seus demônios, pode aparecer como anjo de luz para enganar ["E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros de justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras." - 2 Coríntios 11:14-15]

Albert Pike assumiu a liderança da Maçonaria nortista, fez sua base no "Templo da Compreensão", na capital Washington, situado treze quarteirões ao norte da Casa Branca e em linha reta ao grande obelisco maçônico chamado Monumento a Washighton [Conheça maiores detalhes lendo o artigo N1040, "Símbolos Maçônicos de Poder na Capital Washington"]. Quando Andrew Johnson sucedeu Abraham Lincoln, Pike tinha acesso irrestrito à Casa Branca, pois Johnson era maçom

Assim, Pike recebeu uma visão demoníaca, descrita em seguida. Em 22 de janeiro de 1870, Albert Pike e Guiseppe Mazzini, um de seus co-conspiradores internacionais, publicaram o Plano para estabelecer a Nova Ordem Mundial. Esse plano foi mantido em grande segredo, revelado dentro dos círculos da Maçonaria, desde o tempo de sua concepção, somente aos outros conspiradores Iluministas ocultistas. [Essa informação foi obtida em um livro escrito por um ex-luciferiano Iluminista, Doc Marquis. O nome do livro é Secrets of the Illuminati (leia a resenha) e revela muitos detalhes ocultos que antigamente só eram conhecidos dos Iluministas.

O Plano secreto de Pike para controlar o mundo previa a necessidade de três guerras mundiais. Pare aqui por um momento para lembrar a data dessa predição: 22 de janeiro de 1870. Essa data é 44 anos antes do início da Primeira Guerra Mundial. Uma vez que você compreenda os fatos que vamos compartilhar e perceba a extensão do tempo entre essa predição e o início do seu cumprimento, poderá compreender como forças sobrenaturais estavam realmente em controle. Além disso, 22 de janeiro de 1870 também tem significado ocultista. O número 22 é um dos três números primários importantes para os ocultistas [11, 22 e 33].

O Plano de Pike de derrubar a Velha Ordem Mundial baseada no judaísmo e no cristianismo e estabelecer a satânica Nova Ordem Mundial previa a necessidade de guerra. No entanto, essa guerra não seria o tipo de guerra com o qual o mundo estava habituado a ver. Essa guerra deveria ser em uma escala muito maior do que já registrada na história. Seria uma guerra mundial, global.

Os detalhes desse Plano de Pike [de 22 de janeiro de 1870] de três Guerras Mundiais para estabelecer a Nova Ordem Mundial são como segue: (Ao ler essa profecia demoníaca, lembre-se do conceito ocultista da Tese batalhando contra a Antítese para produzir um novo sistema, chamado Síntese. A Primeira e a Segunda Guerra Mundial foram travadas para estabelecer a Antítese, e criar a Guerra Fria, aquele "conflito controlado ou ameaça de conflito" que produziria o novo sistema, a Síntese.)

A Primeira Guerra Mundial foi planejada para permitir que o governo czarista na Rússia fosse totalmente derrubado. O novo governo russo foi previsto como ateísta e militarista. Além disso, Pike especificou que esse novo governo russo seria comunista. Karl Marx tinha publicado seu Manifesto Comunista em 1848, exatamente 22 anos antes dessa profecia ocultista por meio de Albert Pike. Não é interessante que o número ocultista 22 continue aparecendo? Os números múltiplos, 44 e 66 também aparecem, como veremos em instantes.

história registra que essa Primeira Guerra Mundial realmente ocorreu como descrito. As potências ocidentais na Europa, em conjunto com os EUA, financiaram a expedição de Lênin até a Rússia, financiaram seu governo, e depois disso, financiaram o comunismo russo pelo menos uma vez a cada década dali para a frente.

Certamente, a visão de Pike da Segunda Guerra Mundial transformar o comunismo russo em uma superpotência foi cumprida em um nível surpreendente. Os historiadores sempre ficaram perplexos e nunca conseguiram compreender por que Churchill e Roosevelt entregaram toda a Europa Oriental aos soviéticos, se a preponderância de poder estava contra eles. Claramente, quando Roosevelt e Churchill cederam toda a Europa oriental aos russos, o governo comunista da Rússia, agora conhecido como URSS [União das Repúblicas Socialistas Soviéticas],

Agora, você sabe que o maçom Franklin Delano Roosevelt deu esse território à Rússia simplesmente e somente por que estava sendo fiel à visão de Pike em 1870! Você nunca lerá essa verdadeira história em nenhum de seus livros!!

3. A Terceira Guerra Mundial foi prevista para ser entre o judaísmo e o islamismo. Essa profecia é incrível sob muitos aspectos, começando com o fato de essa profecia sobre uma Terceira Guerra Mundial ter sido feita em 1870, quando Israel ainda não existia como país e quando somente os cristãos fundamentalistas acreditavam que Israel voltaria a existir novamente.

Observe os eventos em Israel atentamente, pois o capítulo final está sendo escrito ali. Os 'espíritos-guia' demoníacos da Maçonaria, dos líderes do Plano da Nova Ordem Mundial, estão planejando uma Terceira Guerra Mundial final, que iniciará entre Israel e seus vizinhos árabes e antes que se alastre para todo o mundo. Literalmente, do meio da fumaça e da destruição, Anticristo entrará em cena!

´SATANÁS NÃO SOMENTE APARECERÁ COMO UM SER HUMANO,MAS PERSONIFICARÁ A JESUS CRISTO;E O MUNDO QUE TEM REJEITADO A VERDADE O RECEBERA COMO O SENHOR DOS SENHORES E O REI DOS REIS RH,14-04-1896 E G WHITE

O ÚLTIMO GRANDE ENGANO DEVE LOGO PATENTEAR-SE DIANTE DE NÓS. O ANTICRISTO VAI OPERAR SUAS OBRAS MARAVILHOSAS À NOSSA VISTA. TÃO METICULOSAMENTE A CONTRAFAÇÃO SE PARECERÁ COM O VERDADEIRO, QUE SERÁ IMPOSSÍVEL DISTINGUIR ENTRE AMBOS SEM O AUXÍLIO DAS ESCRITURAS SAGRADAS.
GRANDE CONFLITO PÁG. 599

Nova Ordem e Ordem Illuminati
Sem dúvida houveram outros grandes momentos da história universal e um deles foi em 1776, com a fundação da Ordem Illuminati por Adam Weishaupt. A Ordem passou a clandestinidade em 1785, em meio a fortes perseguições.
Hoje a Illuminati é uma das principais fomentadoras da Nova Ordem, já que os objetivos são idênticos... Liberdade, paz e properidade.

Weishaupt introduziu a sua sociedades dos Iluminados na Maçonaria, formando uma elite de super-maçons também conhecida como Grande Fraternidade Branca, composta de mestres maçons de 33° grau (o grau máximo da Maçonaria

Weishaupt pretendia promover um caos controlado, necessário as mudanças que queria realizar. 0 Reino do Terror que sobreveio a França após a Revolução Francesa de 1789 foi resultado das idéias e ações de Weishaupt. A Revolução Francesa foi um balão de ensaio, uma experiência do caos induzido e controlado, promovida pelos Iluminados, cuja sede de poder não tem limite (por enquanto).

Os Iluminados são provavelmente a mais poderosa organização secreta da Terra na promoção da Nova Ordem Mundial. Seu poder se evidencia na moeda da maior nação democrática do mundo. Voltemos a ilustração da nota de um dólar, criada pelo presidente Franklin Delano Roosevelt, em 1933.

Na base da pirâmide luciferina aparece uma data em algarismos romanos: MDCCLXXVI, ou seja, 1776. Isto poderia nos levar a crer que esta data seja uma referencia a data da independência dos EUA: 4 de julho de 1776, quando, na realidade, a data assinala o ano da fundação da Ordem dos Iluminados: 1776.

A senha maçônica da mão aberta era característica dos ILUMINATI e foi também adotada por Giuseppi Mazzini, um franco-maçom da Itália que fundou uma organização secreta terrorista que ficou famosa em todo mundo pelos seus métodos violentos: a Máfia.

0 próprio nome da Máfia e na realidade um acrostico da frase: Mazzini Autorizza Furti, Incendi, Avvelenamenti, que significa Mazzini autoriza roubos, incêndios e envenenamentos. Um dos símbolos da Máfia e uma mão negra espalmada deixada impressa na parede nos locais dos atentados.

Quando um maçom esta em perigo, basta que levante a mão espalmada e será prontamente socorrido, caso haja nas proximidades outro membro da fraternidade. Nas eleições de 1994, o símbolo da campanha do candidato eleito para a Presidência do Brasil era exatamente uma mão espalmada.

A trama dessa teia é muito maior do que se possa imaginar. A conspiração silenciosa prossegue no seu caminho em direção ao fim de todas as coisas. Enquanto isso, engana e ilude -os incautos com sua falsa luz. A mesma falsa luz das cruzes incendiadas dos fanáticos da Ku Klux Klan, a sociedade secreta fundada no Sul dos EUA após a Guerra Civil (1867) pelo líder da Maçonaria, o Iluminado Albert Pike,

Para os Iluminados, Lúcifer é deus e Jesus é o imitador. 0 termo ILUMINATI representa a denominação dos adoradores do diabo - e isto eles não revelam - que engloba a Maçonaria, a Rosacruz, os Templários e muitas outras sociedades secretas.

OS TREZE PONTOS PARA UMA NOVA ORDEM MUNDIAL


1 - Moeda mundial;

2 - Monitoramento eletrônico do cidadão;

3 - Linguagem universal;

4 - Renda mínima;

5 - Ensino até nível superior gratuíto;






6 - Empregabilidade total;
7 - Saneamento e saúde a toda população;
8 - Fim da fome e da miséria;
9 - Fim da prostituição, da mendicância e do trabalho infantil;
10 - Repressão total a corrupção, a contravenção e ao crime;






11 - Monitoramento eletrônico de ruas, avenidas, bairros e cidades;
12 - Planejamento familiar;
13 - Criação do exército e da polícia da Nova Ordem.






CAVEIRA E OSSOS


Criada no século XIX, dentro da Universidade de Yale, a Caveira e Ossos e uma sociedade ocultista altamente secreta formada por uma elite de Iluminados que tem como filosofia a formação de um governo mundial único e absoluto também conhecido como Nova Ordem Mundial.





Seu nome e símbolo são demonstrativos da fonte originadora de seus propósitos: o crânio humano sobre dois ossos cruzados foi usado pelos piratas como símbolo da morte e hoje e visto nos frascos que contem veneno mortal, o mesmo veneno da antiga serpente que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo. (Apocalipse 12:9)






Um dos líderes dessa sociedade secreta, que possui poucos e seletos membros, é David Rockefeller, um dos banqueiros mais ricos e poderosos do mundo. Em entrevista concedida ao jornal Washington Post de 10/2/88, Rockefeller fez uma declaração a favor de um outro homem:






"Esse homem tem o conhecimento, obteve o posto e, como presidente, estará em melhor posição do que qualquer outra pessoa da América para unir o povo americano que acredita que estamos vivendo agora num só mundo e que temos de agir em conjunto". 0 nome desse homem e George Bush, que durante o tempo em que esteve na vice-presidência dos EUA trabalhou incessantemente pela implantação da Nova Ordem Mundial.






"Esse homem tem o conhecimento, obteve o posto e, como presidente, estará em melhor posição do que qualquer outra pessoa da América para unir o povo americano que acredita que estamos vivendo agora num só mundo e que temos de agir em conjunto". 0 nome desse homem e George Bush, que durante o tempo em que esteve na vice-presidência dos EUA trabalhou incessantemente pela implantação da Nova Ordem Mundial.






0 jornal Los Angeles Times de 18 de fevereiro de 1991 publicou o discurso de
Bush sobre o Estado da União:

"E uma grande idéia: Uma Nova Ordem Mundial, em que diversas nações se unem numa causa comum... Somente os Estados Unidos tem a posição moral e os meios para respaldá-la."
Porém, a Nova Ordem Mundial esta destinada ao fracasso, porque esses homens se recusaram a aceitar o Evangelho, e pretendem desafiar a vontade de Deus o nosso Criador.

"Há caminhos que parecem direitos ao homem, mas afinal

são caminhos de morte" (Provérbios 16:25).






ROSA CRUZES



Em 1614, surgiu um artigo intitulado "Fama Fraternitatis, a Declaração da Digna Ordem da Rósea Cruz". O conteúdo deste artigo mostra com Christian Rosenkreutz fundou a Fraternidade Rosacruz depois de ter viajado pelo Oriente Médio com o objetivo de aprofundar seus estudos nas artes ocultas. Logo após de fundada a ordem, ele mais seus quatro integrantes de início construíram uma sede chamada "Casa do Espírito Santo", onde os membros reuniam - se anualmente





Ninguém sabe ao certo em que ano Chistian Rosenkreutz morreu pois, alguns livros afirmam que ele morreu com a idade madura de 150 anos. No entanto, antes de falecer, ele moldou sua sociedade secreta para que ele continuasse a existir por séculos com o objetivo de "salvar a humanidade" já que segundo eles , esta sociedade tinha o poder de curar. Christian foi sepultado na Casa do Espírito Santo.






O CONSELHO DE RELAÇÕES EXTERIORES


Fundado em 1919 por especialistas em Política externa para tratar das relações entre os EUA e Inglaterra, o Conselho de Relações Exteriores se constituiu no braço político das sociedades secretas, isto é, o canal ou elo que ligaria as sociedades ocultistas aos governos mundiais.






Em 1939, o Conselho procurou o Pentágono, o Ministério da Defesa dos EUA, e ofereceu os seus serviços Desde então, apoiado pela Fundação Rockefeller é endossado pelo governo americano, o Conselho assumiu o controle da política externa americana.






O fato de que a quase totalidade dos Secretários de Estado, desde 1944, tem pertencido a essa organização demonstra que a sua influência e maior do que possamos supor. Mas os poderes das trevas nunca se dão por satisfeitos. Controlando a política externa dos EUA, eles ainda precisavam dominar a economia da nação e do mundo. Foi então que decidiram criar..







Fundada em 1973 para controlar o sistema monetário internacional, a Comissão Trilateral é o braço financeiro do movimento da Nova Ordem Mundial.


COMISSÃO TRILATERAL






Composta de banqueiros, industriais, empresários, cientistas, economistas e políticos, a organização reúne pouco mais de trezentas personalidades exponenciais da América, Europa e Japão.






No começo da década de 1970, a economia mundial passou por um período de incertezas e apreensões. 0 sistema monetário internacional ameaçava entrar em colapso. Foi então que um grande e poderoso banqueiro americano resolveu mais uma vez ditadas as regras do jogo. David Rockefeller passou a ação., encomendando estudos detalhados sobre os problemas econômicos mundiais






A revista Newsweek publicou o seguinte: "A Comissão Trilateral, um filho cerebral de David Rockefeller, foi transformada em realidade por Zbigniew Brzezinski ". E o Senador Barry Golwater declarou: "Zbigniew Brzezinski e David Rockefeller investigaram e selecionaram cada indivíduo convidado a participar da formação e da administração da Nova Ordem Mundial".






Eles escolheram e atraíram algumas das mentes mais brilhantes da Europa, Japão e EUA, que constituem o núcleo da Comissão Trilateral, e que, juntos, representam 70% do comércio mundial.






A Comissão Trilateral. foi criada com o objetivo de unir o mundo inteiro economicamente. O primeiro passo para conseguir esse objetivo era controlar a presidência dos EUA. Por isso, logo que foi fundada, a Comissão Trilateral resolveu colocar na presidência dos EUA um de seus membros. Jimmy Carter era um ilustre desconhecido governador do Estado da Geórgia.






Não há duvidas que a CT preparou Carter para ocupar a presidência da maior nação democrata do mundo, através de um enorme poder oculto do trilateralistas sobre os meios de comunicação.






Outros famosos membros da Comissão Trilateral nos EUA são:
Henry Kissinger (Secretário de Estado do ex-presidente Richard Nixon).
Cyrus Vance (Secretário de Estado do ex-presidente Jimmy Carter).
George Schultz (Secretário de Estado de ex-presidente Ronald Reagan).
Howard Baker (Chefe do Estado-Maior do ex-presidente Ronald Reagan).





Instituições como o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial estão nas mãos dos trilateralistas. Um dos membros do CT é o diretor do Banco Central americano, Paul Volker. Há algum tempo, ele elevou a taxa de juros com o pretexto de ajustar a economia americana e fez com que centenas de pequenas e médias empresas quebrassem em todo o mundo. Vemos assim, que a Comissão Trilateral tem mais poder do que todos os ministros do governo americano juntos.






Os trilateralistas pretendem ter o direito de executar modificações de importância global que afetam a liberdade das pessoas. Agem sem qualquer consulta política, debate ou eleição, sempre dentro do maior sigilo, comum às sociedades secretas ocultistas.






Os trilateralistas trabalham, silenciosamente, dia e noite, para estabelecer a Nova Ordem Mundial que, em breve, será liberada pelo grande líder mundial que será levantado: O Anticristo.
A propósito: o próprio termo trilateral nos faz lembrar do símbolo sagrado da Maçonaria: o triângulo que, por sua vez, representa a iniciação luciferina do poder das trevas.








12 Os dez chifres que viste são dez reis, os quais ainda não receberam o reino, mas receberão autoridade, como reis, por uma hora, juntamente com a [besta].
Apocalipse 17:12







ONU – ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS
A ONU é um celeiro de idéias esotéricas e idéias de domínio mundial. Lá já existe até mesmo um anteprojeto da Constituição da Federação do Planeta Terra que esboça um futuro governo mundial unificado. O Jornal do Brasil de 26/02/92 trouxe a seguinte notícia






Impulsionado pelo movimento ecológico, cresce na ONU um movimento federalista mundial de unificação do planeta... Os movimentos federalistas mundiais defendem a criação de uma autoridade planetária com gestão supranacional".






O fato é que, a ONU é um terreno fértil para o crescimento de doutrinas ocultistas disfarçadas de teses de mestrado em economia, política e ciências sociais. David Spangler, um influente líder na Nova Era e na ONU disse:
"Ninguém entrará na Nova Era, a menos que tenha uma iniciação luciferina."






ALGUMAS ORGANIZAÇÕES FILIADAS DA ONU: UNESCO Educação, ciência e culturaFMI Fundo monetário internacionalUNICEF Assistência à infânciaFAO Alimentação e agriculturaUNIDO Desenvolvimento industrialOMS SaúdeUNCTAD Comércio internacionalOIT TrabalhoUNCEED Ecologia e economiaUIT TelecomunicaçõesUNITAR Treinamento e pesquisasICAO Aviação civilGATT Tarifas alfandegáriasIAEA Energia atômicaBIRD Banco InternacionalFORÇA DE PAZ O exército das Nações Unidas






Embora toda essa superestrutura esteja comprometida pela burocracia e má gestão, a ONU é ainda um forte componente e uma peça importante no jogo do poder que contribuiu e ainda contribuirá significativamente para que a Nova Ordem Mundial alcance o seu objetivo final de conduzir o homem-deus da Nova Era ao poder. É apenas uma questão de tempo. (Eclesiastes 3:1)







O PLANO
Por que John Kennedy foi assassinado?
Todo o mecanismo para a execução desse plano de uma arrancada só já está pronto e isso poderá ser feito dentro do curto prazo de uma hora, em todo o território dos EUA. Esse plano é conhecido pelo código de Ordem Executiva 11490.






A ordem para acionar este plano depende apenas da ocasião oportuna, quando o presidente americano declarar estado de emergência. Então, o total controle do governo entrará em vigor a qualquer momento em que houver aumento da tensão internacional ou um colapso do sistema financeiro. Ocorrendo isso, dentro do espaço de uma hora, o governo assumirá imediatamente o controle de:






Todos os meios de comunicação;
Todas as centrais elétricas;
Todas as companhias de petróleo;
Todos os estoques de alimentos;
Todos os meios de transporte;
Todos os setores de saúde, educação e previdência social;
Todas as instituições financeiras, que poderão trocar todo o dinheiro existente;
Todos os cidadãos, que serão convocados como servidores do governo e cidadãos do mundo;
Todas as pessoas serão cadastradas imediatamente pelas agências de Correios.





Essas medidas de exceção, transformadas em lei pela caneta do presidente John Kennedy, assassinado em 1963, conferem ao presidente americano os poderes ilimitados de um ditador.






Discursando na Universidade de Columbia, em 1963, o presidente John Kennedy declarou em tom de denúncia:
"O alto posto de presidente tem sido usado para alimentar um plano para destruir a liberdade do EUA e, antes que eu deixe o cargo, tenho que colocar os cidadãos a par da situação".






Oito dias depois dessa denúncia, o presidente John Kennedy foi obrigado a assinar a Ordem Executiva 11490. Dois dias depois de assinar a Ordem executiva 11490, o presidente John Kennedy foi assassinado. Cinco anos mais tarde, quando disputava a eleição para a presidência dos EUA, seu irmão, Bob Kennedy, foi igualmente assassinado.






Segundo os especialistas, a terceira e última guerra mundial será deflagrada no Oriente Médio, um barril de pólvora pronto para explodir, constantemente sustentado pelos interesses das sociedades secretas e suas subsidiárias compostas de homens poderosos e iluminados






que vêm instigando o ódio entre árabes e judeus durante décadas e, agora, assumem uma posição pacifista francamente favoráveis aos direitos do povo palestino, com o objetivo de transformar Jerusalém na capital de um futuro Estado Palestino, medida que conta com o apoio do Vaticano






O CLUBE DE ROMA



Essa é uma das mais influentes e conceituadas organizações não-governamental do mundo.

Fundado em 1968, o Clube de Roma reúne economistas, industriais, banqueiros, chefes-de-estado, líderes políticos e cientistas de vários países para analisar a situação mundial e apresentar previsões e soluções para o futuro






O primeiro relatório dessa organização foi publicado em 1972 com o título de Os Limites do Crescimento, e, rapidamente, tornou-se um sucesso de vendas. Os profetas do apocalipse sócio-econômico do Clube de Roma vaticinaram que uma crise sem precedentes está para abater sobre o mundo. Eles apontaram alguns fatores que poderão conduzir a uma crise mundial jamais vista:






ESGOTAMENTO DE RECURSOS NATURAIS – A precisão é de que até o ano 2005 haverá uma queda acentuada nos recursos minerais e hídricos do nosso planeta provocada pela exploração desordenada e gananciosa.
CRISE ENERGÉTICA – A perspectiva é que, em poucas décadas, as fontes de energia como petróleo e carvão se esgotem e a energia hidroelétrica atinja seu ponto de saturação por ser o único meio de obtenção de energia além do sol.






CRESCIMENTO POPULACIONAL – O aumento das populações carentes assusta muito às classes mais altas e pode provocar a escassez de alimentos e o aumento da violência em geral.
ESCASSEZ DE ALIMENTOS – Enquanto diminuem as terras cultiváveis e os estoques de alimentos, o êxodo rural aumenta, gerando o aumento da população urbana com isso uma série de problemas sociais e principalmente o desemprego.






DESEMPREGO EM MASSA – Nessa área as perspectivas são sombrias... O número de vagas de trabalho é muito inferior ao número de jovens que entram na idade de buscar um emprego. Sem falar nas barreiras que são criadas para diminuir o número de candidatos para poucas vagas.
POLUIÇÃO AMBIENTAL – A industrialização do mundo moderno está destruindo rapidamente o meio-ambiente com efeitos sem volta e acima de qualquer previsão.







Os profetas do Clube de Roma predizem que "ocorrerá um colapso total do nosso sistema mundial entre o início e o meio do século XXI, se não forem tomadas medidas para solucionar os problemas que hoje enfrentamos". Por isso, o Clube de Roma é uma das organizações que mais trabalha em prol da implantação da Nova Ordem Mundial






Aurelio Peccei, afirmou:

"Ocorrerá um desastre, e um líder carismático mundial surgirá e, então, dar-se-á início a essa Nova Era."
Outro dirigente do Clube de Roma e ativo líder da Nova Era, Benjamim Creme, afirmou que o triângulo é um dos símbolos sagrados desse movimento e representa o Cristo Cósmico que virá.







A realização do sonho de Lúcifer é assumir o controle total do mundo através de um governo centralizado no qual o verdadeiro Deus e seu Filho Jesus sejam apagados da memória da humanidade.Satanás virá como falso Cristo representando o falso deus o deus da pirâmide e seu falso dia de repouso
Será que você está consciente de que o plano para que isso se concretize já está pronto?







Estes combaterão contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, porque é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os que estão com ele, os chamados, e eleitos, e fiéis.
APO 17:14



QUEM? VENCERA ESSE CONFLITO FINAL






QUEM SÃO OS ELEITOS E FIEIS


E olhei, e eis o Cordeiro em pé sobre o Monte Sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil, que traziam na fronte escrito o nome dele e o nome de seu Pai.



Aqui está a perseverança dos santos, daqueles que guardam os mandamentos de Deus e a fé em Jesus.apo14:1 e 12

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar: