sexta-feira, 17 de julho de 2009

O poder da maçonaria na história.


Livro sobre o poder da franco-maçonaria na história.


Por Henry Makow Ph.D.




January 15, 2005


Architects of Deception, uma história de 600 páginas da Franco-maçonaria pelo escritor estônio, Jyri Lina, oferece profunda visão no verdadeiro caráter da história moderna.


Essencialmente, um segmento dominante da sociedade Ocidental reuniu-se com a elite financeira judaica abraçando a Franco-maçonaria, uma filosofia satântica que representa um desejo de morte à civilização. Eles imaginam que de alguma forma eles lucrarão com a carnificina e o sofrimento causados pela sua "Nova Ordem Mundial".


Incrível, bizarro e deprimente como parece, Lina escreve que 300 principais oligarquias judaicas de banqueiros usaram a Franco-maçonaria como um instrumento para subverter, controlar e degradar o mundo Ocidental.
Essa visão é consistente com a interrogação do NKVD, em 1938, de um membro illuminati que arrolou muitas dessas oligarquias bancárias e confirma que os franco-maçons são ferramentas descartáveis. (Ver minha parte dois de "Rothschild Conducts Red Symphony" )


Baseado nos arquivos da poderosa Loja do Grande Oriente Francês, capturados em Junho de 1940 e posteriormente tornado público pelos Russos, Lina detalha como a Franco-maçonaria conspirou para a dominação mundial e orquestrou todas as maiores revoluções e guerras na era moderna. (Lina, p.332)


Os maçons, freqüentemente judeus, são responsáveis pelo comunismo, sionismo, socialismo, liberalismo (e feminismo). Eles amam grandes governos porque são seu objetivo final. O "governo mundial" (ditadura) é o prêmio final. Essa é a visão por trás do 11 de setembro e da "Guerra ao Terror".


Esses movimentos do "mundo revolucionário" "progressivo" espelham a rebelião de Lúcifer contra as leis de Deus e da natureza que está no coração da Franco-maçonaria. Eles enlaçam milhões de ingênuos idealistas prometendo a utopia baseada no materialismo e a "razão" e dedicam à "liberdade, igualdade e fraternidade," "propriedade pública" ou alguma outra besteira idealística ruidosa. Isso é chamado propaganda enganosa.
De acordo com Lina: "O objetivo primário da moderna franco-maçonaria é construir a Nova Ordem Mundial, um Templo espiritual de Salomão, onde não-membros não são nada mais do que escravos [e] ...onde seres humanos seriam sacrificados à Yahweh." (52)


Lina cita numerosas fontes Judaicas que afirmam que a Franco-maçonaria é baseada no Judaísmo e é "o órgão político executivo da elite financeira judaica". (81-83)


O objetivo comum desses movimentos inspirados da maçonaria é questionar raça, religião, nação e família ("todas as forças coletivas exceto a nossa própria") promovendo divisão social, auto-suficiência e "tolerância", p.e., miscigenação, ateísmo, niilismo, globalismo, liberação sexual e homossexualismo e, através disso, reduzindo a humanidade em um disfuncional, uniforme e maleável mingau.


Lina e outros que tentam alertar a humanidade para sua verdadeira condição são rotineiramente difamados como anti-semitas, fascistas e "inimigos" de extrema direita pelo povo indiretamente empregado pelos banqueiros.


Essa tática cobre os conspiradores de segredo e torna a discussão de nossa desgostosa situação impossível.


Eu sou Judeu. Eu não sou parte desse monopólio bancário, nem é a maioria dos Judeus. Pela analogia, a máfia é considerada geralmente italiana, mas a maioria dos italianos não pertence à máfia.


Os italianos não atacam cruelmente oponentes do crime organizado e os chamam de "racistas" e "vendedores do ódio". Isso pareceria terrivelmente suspeito. Os judeus se comprometem pela defesa dos banqueiros maçônicos e sua perversa visão para a humanidade.


Meus quatro avós pereceram no holocausto judeu. Eu procuro saber a verdadeira razão de seu assassinato. Os banqueiros maçônicos baseados em Londres e seus amigos levaram Hitler ao poder para provocar a guerra, controlar Stálin, e justificar a criação de Israel. Eles traiam os Judeus não-sionistas e deixaram-nos perecer. Eles estão usando o povo judeu na mesma direção que usam os maçons.


A CONSPIRAÇÃO ILUMINISTA


Nós não podemos entender o mundo moderno a menos que nós apreciemos que ele é resultado da conspiração maçônica. O povo zomba mesmo assim da evidência que eles testemunham visivelmente todos os dias.


O Grande Selo dos Estados Unidos em toda nota de dólar é um símbolo maçônico. Há 33 degraus no lado da pirâmide representando os 33 graus da Franco-maçonaria. Os maçons estabeleceram os EUA como uma base para avançar seu objetivo de uma supremacia mundial.


Similarmente, o emblema das Nações Unidas é também um símbolo maçônico. O mundo é capturado em uma rede consistindo de 33 espaços cercados por folhas de acácia, que significam intensa atividade na maçonaria. (215)


Três-quartos dos presidentes dos EUA no Século XX foram maçons de alto-escalão. Tanto Bush quanto Kerry são maçons (Skull and Bones). Franklin Dellano Roosevelt, Churchill, Lenin, Trotsky e Stálin eram maçons. A maioria dos líderes sionistas eram e são maçons. Gerhard Schroeder, Jacques Chirac e Tony Blair são franco-maçons. Assim também Saddam Hussein, que sugere que a guerra no Iraque poderia ser uma charada sadista.


Há próximo de seis milhões de maçons em 32,000 lojas por todo o mundo, incluindo 2.5 milhões nos EUA. Em 1929, 67% dos membros do Congresso eram maçons. Há 360,000 maçons na Inglaterra. Mais de cinco por cento dos juízes britânicos são maçons.


Lina acredita que a "Franco-maçonaria represente o mesmo papel na sociedade Ocidental como o Partido Comunista era na URSS. Sem pertencer à franco-maçonaria não há chance de uma carreira rápida, sem levar em consideração de como alguém seja talentoso."


Tenha em mente que o comunismo foi uma empresa maçônica e o quebra-cabeças começa a tomar forma.


Lina afirma que os Frano-maçons não só controlam a política, mas também virtualmente todo setor da sociedade Ocidental, incluindo ciência e cultura. "A presente vida cultural se tornou virtualmente inconsciente", ele escreve. "Nós testemunhamos o início de uma senilidade cultural". (333)


Nesse panfleto "The Open Conspiracy: Blueprint for a World Revolution" (1929) o Franco-maçom H.G. Wells descreve uma "sociedade secreta aberta" consistindo de homens liderando a sociedade operando como uma força escondida para assegurar os recursos mundiais, reduzir a população através de guerra e replanejar o Estado-Nação com a ditadura mundial. (340)


A IDEOLOGIA MAÇÔNICA


Seres humanos são naturalmente atraídos para o bem e empurrados para o mal. Deste modo, sempre representam-se como bons. Ao público, e seus níveis inferiores, a Franco-maçonaria simula ser dedicada a "tornar os homens melhores", humanismo, tolerância, Cristianismo, e você sabe.
Se isso fosse verdade, haveria que extrair promessas de segredo dos membros sob pena de cortar sua garganta? Teriam sido eles condenados por vários Papas e banidos de numerosos países? (84)


Eu não desejo impugnar a maioria dos bons e decentes homens nos mais baixos "Graus azuis" que estão inconscientes da verdadeira função e caráter da Franco-maçonaria. Mas há abundante evidência e testemunho que a Franco-maçonaria é um culto satânico dedicado à adoração da morte. (134-138)


Por exemplo, quando a Loja do Grande Oriente Italiano foi despejada do Palazzio Bourghese, em Roma, em 1893, o proprietário encontrou um santuário dedicado à Satã. Os franco-maçons italianos publicaram um jornal na década de 1880 onde eles admitiram novamente que "Nosso líder é Satã!" (135)


Os maçons também admitem ter uma agenda política revolucionária. Os característicos enunciados de Lina citam publicações maçônicas como a seguinte de uma revista alemã de 1910:"A direção através de todos os tempos focalizava a destruição e aniquilação, porque o poder dessa grande sociedade secreta só pode se elevar das ruínas da ordem existente da sociedade." (272)


CONCLUSÃO


A conspiração Iluminista é o freio responsável pela contenção do desenvolvimento da humanidade. A espécie humana lembra uma pessoa sofrendo de uma séria doença e caindo em coma.


Juri Lina tem escreveu um livro corajoso para nos despertar. Ele declara que nós encaramos "a maior crise espiritual na história da humanidade... Eles tomaram nossa história, nossa dignidade, nossa fé e nossa honra, senso de responsabilidade, visões espirituais e nossas tradições."


Nós somos, de certa forma, culpados, ele diz: "Nós falhamos em agir contra a loucura maçônica devida a nossa enorme credulidade. Nós fomos totalmente enganados e ignoramos os sinais de aviso." (274)


Ele termina com uma nota esperançosa, dizendo que o mal é disfuncional e inevitavelmente destruirá a si mesmo. A "Franco-maçonaria carrega consigo as sementes da sua própria destruição". (563)


Guerras, revoluções e depressões são tudo parte de um processo "revolucionário" desenhado a conduzir a humanidade a um "governo mundial" sob a rubrica da Franco-maçonaria que pode ser uma hospedeira para uma aliança de cripto-judeus e elites financeiras gentias. Sua "auto-destruição" parece ser nosso melhor desejo visto que o público é muito indiferente e fraco para resistir.


Architects of Deception pode ser comprado por US$50 enviando um e-mail para Jyri Lina em jyrilina@yahoo.com


O livro também contém muitas fofocas tais como o filho que Hitler teve; que Lênin foi um homossexual; que Castro é Judeu e um multimilionário; e que Henry Kissinger foi e é um agente Soviético! Ele diz que os Mormons, Testemunhas de Jehová, Rotary e Lions Clubs também foram fundados pelos Maçons. O golf foi inventado pelos maçons e tem um grande significado para eles.


Para leitores brasileiros: leiam "O Anticristo", de Robin de Ruiter, Ed.Ave Maria e verão a confirmação disso tudo ( comentário meu ).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Gadget

Este conteúdo ainda não está disponível por conexões criptografadas.

Pesquisar: