sábado, 25 de junho de 2016

COROINHA DE SÃO FILIPE NERI.

COROINHA DE SÃO FILIPE NERI.
(Início.)
Vinde, ó Deus, em meu auxílio,
Senhor, socorrei-me sem demora.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo! Assim como era no princípio, agora e sempre, e por todos os séculos dos séculos, amém!

Após a jaculatória e o Glória, inicia-se a recitação da Coroa nas mesmas contas do Terço de Nossa Senhora. Em cada uma das contas do Pai-Nosso, recita-se a oração:
“Virgem e Mãe, Mãe e Virgem.”

Em cada uma das 10 contas das Ave-Marias, recita-se a oração: “Virgem Maria, Mãe de Deus, rogai a Jesus por mim”.

(Ao final.) “À vossa proteção recorremos, Santa Mãe de Deus. Não desprezeis nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem Gloriosa e Bendita. Amém”.

COROINHA DE SÃO FILIPE NERI.
Devoção Oratoriana à Santíssima Virgem Mãe de Deus.

Santo Afonso (“Glórias de Maria”) conta que São Filipe Neri tinha tão grande devoção à Nossa Senhora que só lhe bastava pensar n’Ela e já tinha consolações. Exclamava que não há meio mais poderoso para obter a graça de Deus que a devoção a Nossa Senhora”. São Filipe Neri dizia ainda que é necessária a devoção à Santíssima Virgem para começarmos bem na vida espiritual e para perseverarmos e alcançarmos mais rapidamente a perfeição. Por isso, recomendava, além do Santo Terço diário, a recitação da Coroinha de Nossa Senhora, que ele mesmo compusera por inspiração, para honrar os títulos mais belos de Maria, “Virgem e Mãe de Deus”:

“Nossa Senhora ama aqueles que a chamam por Virgem e Mãe de Deus”. “Meus filhinhos, sede devotos de Nossa Senhora; sede devotos de Maria”.  (São Filipe Neri, * 21/07/1515 - +26/05/1595.) Festa em 26 de maio.
Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar: