sexta-feira, 20 de setembro de 2013

ELIAS E O CARRO DE FOGO.

ELIAS ARREBATADO NUM CARRO DE FOGO



O caso de Elias arrebatado num carro de fogo deve ser interpretado como fato histórico ou como símbolo ou figura literária?



Não há razão para se negar a historicidade do rapto de Elias. Não é o caráter maravilhoso das narrativas bíblicas que leva o exegeta a considerá-las símbolos ou figuras literárias. A seção de 4 Rs 2,1 ls não fornece indício de pertencer ao gênero literário da parábola ou da novela; os seus traços são simples e dignos de Deus. De resto, sabemos que o Antigo Testamento narra outro caso semelhante ao de Elias — o rapto de Henoque (cf. Gên 5) —, enquanto a fé cristã ensina o arrebatamento do Salvador e de Maria Santíssima aos céus; assim como Deus quis fosse real a elevação corpórea de Jesus e de Maria na plenitude dos tempos, pode ter decretado no Antigo Testamento o arrebatamento real dos corpos de Henoque e Elias aos céus.



E porque, teria determinado fenômenos tão estranhos?



A fim de inculcar a dignidade da natureza humana, seu destino transcendente e a elevada conta em que o Criador tem até mesmo as suas criaturas corporais (é o que o Santo Padre lembra na Bula de definição da Assunção de Maria).



Será lícito, porém, admitir que, segundo a tendência dos orientais, o hagiógrafo se tenha servido de uma ou outra metáfora para ilustrar o rapto do profeta que ardia de zelo à semelhança do fogo: colima, carro e cavalos de fogo poderiam indicar apenas a majestade luminosa da figura de Elias que subia aos céus. De resto, o fogo costuma caracterizar as manifestações de Deus no Antigo Testamento (cf. Ex 3,2; 24, 17; Is 30, 27; Ez 1,4); ora parece que o episódio de Elias pode ser considerado uma espécie de teofania.





Dom Estêvão Bettencourt (OSB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar: