quinta-feira, 15 de agosto de 2013

REGRAS DE DIREÇÃO ESPIRITUAL.

Regras da Direção Espiritual: fixar objeto e colaboração entre diretor e dirigido.

I. Objeto (princípios gerais).

Direção:

a) descobrir as causas dos pecados:

1. inclinações e hábitos pessoais (que se tem ou a adquirir),
2. tentações,

b) para descobrir os remédios:

1. virtudes opostas aos defeitos;
2. virtudes comuns a todos;
3. virtudes especiais a cada tipo de pessoa;
4. meios para as praticar – “exercícios práticos corporais”;
5. “exercícios espirituais” – oração, exame particular, devoções;
6. vocação – A) a escolher ou, B) se escolhida, avançar nos deveres particulares de cada estado.

II. Aplicação: o diretor espiritual deve conhecer

a) vida passado do dirigido:

1. faltas habituais,
2. esforços tentados para corrigir-se,
3. resultados obtidos;

b) disposições presentes:

1. inclinações e repugnâncias,
2. tipo de vida,
3. tentações que experimenta X táticas para vencê-las,
4. virtudes necessárias e meios para adquiri-las – exercícios corporais e espirituais.

III. Programa de Direção (explicar o que fazer e como).

1. Santificar ações comuns e oferecê-las a Deus em espírito de fé.
2. Purificar a alma pela Penitência e a Mortificação.
3. Exercícios de Humildade.
4. Exercícios de Caridade para com o próximo.
5. União com Nosso Senhor Jesus Cristo.
6. Desenvolver força de caráter (convicções e valores a partir dos quais agir).
7 Apostolado: formar almas de escol para ajudar a Igreja.


FONTE: condensado a partir de “A Vida Espiritual Explicada e Comentada”, Adolph Tanquerey, p. 298-299.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar: