sexta-feira, 19 de julho de 2013

Quinta e última consideração sos sagrados santos estigmas do bem-aventurado São Francisco.

Quinta e última consideração sos sagrados santos estigmas do
bem-aventurado São Francisco. Amém.

A quinta e última consideração é sobre algumas aparições, revelações e milagres que Deus fez e demonstrou depois da morte de São Francisco, para confirmar os sagrados santos estigmas e a notificação do dia e da hora em que Cristo os deu a ele.
Quanto a isto, devemos pensar que no ano do Senhor 1282, no dia... do mês de outubro, Frei Filipe, ministro da Toscana, por ordem de Frei Bonagrazia, ministro geral, pediu pela santa obediência a Frei Mateus de Castiglione Aretino, homem de grande devoção e santidade, que lhe dissesse o que sabia sobre o dia e a hora em que os sagrados santos estigmas foram impressos no corpo de São Francisco, pois soubera que ele tinha tido uma revelação sobre isso. Frei Mateus, obrigado pela santa obediência, respondeu assim:

“Estando eu de família no Alverne, no ano passado e no mês de maio, pus-me um dia em oração na cela que há no lugar em que se crê que aconteceu aquela aparição do Serafim. Na minha oração, pedi a Deus devotissimamente que lhe aprouvesse revelar a alguma pessoa o dia, a hora e o lugar em que os sagrados santos estigmas foram impressos no corpo de São Francisco.

E, perseverando eu em oração nessa súplica para lá do primeiro sono, São Francisco me apareceu com uma luz enorme e me disse: “Filho, o que estás pedindo a Deus?”. E eu lhe disse: “Pai, peço tal coisa”. E ele me disse: “Eu sou o teu pai Francisco. Tu me conheces bem?”. E disse: “Sim, pai”. Então ele me mostrou os sagrados santos estigmas das mãos, dos pés e do peito e disse: “Chegou a hora em que Deus quer que se manifeste para sua glória aquilo que os frades do passado não cuidaram de saber. Sabe que aquele que me apareceu não foi um Anjo, mas foi Jesus Cristo na forma de um Serafim. Com suas mãos ele imprimiu no meu corpo estas cinco chagas como as recebeu no seu corpo na cruz. E foi deste modo: que no dia antes da exaltação da santa cruz veio a mim um Anjo e me disse da parte de Deus que eu me preparasse para ter paciência e para receber aquilo que Deus me quisesse mandar. E eu respondi que estava preparado para tudo que aprouvesse Deus.

Depois, na manhã seguinte, isto é, na manhã da santa Cruz, que naquele ano era numa sexta-feira, eu saí da cela na aurora em grandíssimo fervor de espírito e vim ficar em oração nesse lugar em que estás agora. Nesse lugar eu rezei muitas vezes. E, enquanto eu orava, eis que pelo ar descia do céu um jovem crucificado em forma de um Serafim com seis asas, com grande ímpeto. Diante dessa visão maravilhosa, eu me ajoelhei humildemente e comecei a contemplar devotamente o amor sem medidas de Jesus Cristo crucificado e a dor sem tamanho da sua paixão.

Seu aspecto gerou em mim tanta compaixão que me parecia sentir justamente em meu corpo essa paixão. E na sua presença todo este monte resplandecia como o sol. E, assim descendo, veio perto de mim e, estando na minha frente, disse-me algumas palavras secretas, que ainda não revelei a ninguém. Mas aproxima-se o tempo em que elas serão reveladas.

Depois de algum tempo, Cristo foi embora e voltou para o céu. E eu me percebi assim marcado com estas chagas. Então vai,” disse São Francisco,” e dize cm segurança estas coisas ao teu ministro, pois esta é uma ação de Deus e não do homem”. Ditas essas palavras, São Francisco me abençoou e voltou para o céu com uma grande multidão de jovens esplendorosíssimos”.

O referido Frei Mateus disse que tinha visto e ouvido tosas essas coisas, não dormindo, mas velando. E assim jurou corporalmente para o dito ministro em Florença, na sua cela, quando ele lhe perguntou sobre isso por obediência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar: