terça-feira, 30 de abril de 2013

Feminismo e marxismo cultural: manipulação para destruição.

Uma das coisas mais ilusórias que existe é achar que o feminismo é um movimento
independente. Na verdade, as feministas são as servidoras das elites globais e fazem
exatamente o que as elites globais querem.

Aí vocês podem dizer, então quer dizer que as elites globais querem o melhor para as
mulheres? As elites globais defendem milhares de coisas em matéria de direitos
humanos, porém essas causas possuem interesses suspeitos. No mundo privado, não
existe interesse humanista gratuito. Sempre que grupos privados promovem o
humanismo, deve-se desconfiar da intenção desses mesmos humanismos.

Se vocês querem exemplos disso? Basta encarar a realidade brasileira. A defesa
exaustiva dos direitos humanos dos índios é um falso humanismo. Ou vocês realmente
acreditam que as elites globais gostam de índio?! É claro que não! Muitas pessoas
aprovam a existência de leis constitucionais sobre os direitos dos índios, mas o que elas
não entendem é que essas leis não possuem a finalidade de garantir os direitos dos
índios. Essas leis estão promovendo outros objetivos. Quais são esses objetivos? Os
territórios povoados pelos índios são ricos em recursos naturais. O que as elites globais
querem é enfraquecer o poder do Estado brasileiro. É muito mais fácil corromper os
índios do que corromper um Estado soberano.

As decisões dos juízos do supremo seguem as convenções internacionais de direitos
humanos. Se os juízes do supremo forem corrompidos pelas elites globais, logo toda a
soberania brasileira estará ameaçada. Se as elites globais dominam o poder judiciário,
elas conseqüentemente possuem um poder de manipulação altíssimo, pois o judiciário
brasileiro segue as convenções internacionais de direitos humanos.

Por exemplo, se a ONU resolver publicar resoluções que questionam os direitos humanos
do Brasil, logo, os juízes brasileiros adotarão progressivamente a mesma perspectiva. A
defesa dos direitos humanos serve para finalidades e objetivos que não possuem relação
alguma com os direitos humanos. E a maior prova disso é a defesa midiática dos direitos
dos índios. A mídia não está defendendo os direitos humanos dos índios, pois a mídia
representa diretamente os interesses econômicos das elites globais.

Se existe uma área que as elites globais controlam estrategicamente, essa área é a área
dos direitos humanos. Tudo o que é promovido em termos de direitos humanos é
promovido em função dos interesses das elites globais. Por exemplo, será mesmo que a
ONU está preocupada com os direitos humanos da população da Síria? O que está em
jogo são interesses econômicos das elites globais. Quando as elites globais querem
invadir um país, elas simplesmente dizem que os direitos humanos estão sendo violados.
Ocorre claramente uma troca entre democracia e exploração.

As elites globais apóiam o feminismo apenas porque elas acreditam que o feminismo
enfraquece o poder de resistência dos homens. Elas não pegam em armas. Elas não
constituem exércitos. O que há é uma troca. As feministas ganham poder, mas
implementam tudo o que as elites globais exigem. A maior prova disso é que as
feministas suecas são antinacionalistas. Elas apóiam a imigração, multiculturalismo e
diversas políticas totalmente financiadas pelas elites globais. A Europa está afundando
por causa do marxismo cultural, visto que o marxismo cultural é um cavalo de tróia que
serve para enfraquecer o nacionalismo dos países.

Nenhuma feminista dirá que é antinacionalista. Mas ela não dirá isso porque é ingênua
em política. Políticas antinacionalistas são políticas que enfraquecem as ideologias
nacionais. As feministas européias acham que estão combatendo a supremacia do
europeu, quando elas estão enfraquecendo as nações delas mesmas. Quando as
feministas Suecas apóiam a imigração, elas simplesmente estão enfraquecendo o
sentimento nacionalista e estão fragmentando a unidade ideológica daquele país. As
feministas suecas estão promovendo o caos cultural com o argumento pífio de que a
hegemonia da cultura européia é algo perigoso. Elas acham que vão acabar com
machismo através do multiculturalismo, mas elas estão apenas acabando com a
soberania do país em que vivem.

As feministas, os esquerdistas acham que o secularismo é liberdade, humanismo e
direitos iguais. O secularismo é a política das elites globais. Quem popularizou essa onda
cética na mídia foram as elites globais. O objetivo do secularismo é enfraquecer o
nacionalismo de todos os países. O secularismo quer criar um regime global de direitos
humanos. Porém, os direitos humanos desse regime global servem apenas para
implementar as políticas das elites globais.

As feministas são fantoches das elites globais. Porém, elas ganham poder, vantagens e
outras coisas em troca. Elas minam o nacionalismo e as ideologias fortes dos países. As
elites globais compraram as causas feministas. Essas causas não vão avançar porque as
feministas querem, ou porque elas são poderosas. Essas causas vão avançar porque
elas criam o terreno da dominação das elites globais. Como o Brasil foi manipulado
fortemente pelos direitos humanos das elites globais, as elites globais conseguiram
distrair eficazmente a atenção das pessoas para coisas que alienam a população do
debate político urgente. O Brasil aceitou a troca interesseira entre humanismo forjado e
antinacionalismo. Os direitos humanos são ideologias de distração e servem para
preparar a sociedade para o governo global.

As elites globais querem um governo mundial fundamentado na cartilha de direitos
humanos delas. Por outro lado, não devemos pensar que as elites globais são boazinhas
e estão fazendo isso porque querem um mundo melhor. Devemos desconfiar de todo
humanismo gratuito, pois ninguém é realmente tão humanista quanto parece.


Fonte:http://depaspalhoarealista.blogspot.com.br/2013/03/o-feminismo-e-patrocinado-pelas-elites.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar: