quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Pregação sem esquecer a oração e a devoção.


Introdução - Carta a Santo Antônio

A autenticidade desta carta só começou a ser discutida depois que Paul Sabatier insistiu em que São Francisco se opunha aos estudos. Em geral o texto aparece em pergaminhos independentes ou nas vidas de Santo Antônio, não em coleções. Depois das edições de 1904 foram achados muito pergaminhos. É interessante ler 2Cel 163, onde se fala dessa carta, e também a Adm. 7, que fala dos estudos. A Carta cita a RB, por isso tem que ser posterior a 1223. Mas não pode ser posterior a 1224/5, quando Santo Antônio foi para a França.

Carta a Santo Antônio

1 A Frei Antônio, meu bispo, Frei Francisco [deseja] saúde.
2 Agrada-me que ensines sagrada teologia aos frades, contanto que, nesse estudo não extingas o espírito de oração e devoção, como está contido na regra.

Moral da história: o erro do clero e dos religiosos é a pregação sem devoção nem bons exemplos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar: