sábado, 1 de outubro de 2011

O elogio de São Boaventura a Hugo de São Vitor

 
hugo_de_sao_vitor
Imagem de Hugo de São Vitor – Cardeal, Monge e místico

 

"Todos os livros das Sagradas Escrituras",

diz S. Boaventura,
"além do sentido literal
que as palavras externamente expressam,
ensinam três sentidos espirituais,
a saber:
o alegórico,
que nos ensina o que temos de crer
sobre a divindade e a humanidade de Cristo;
o moral,
que nos ensina o bem viver;
e o anagógico,
que nos mostra o caminho
de nossa união com Deus.
De onde se deduz
que todas as Sagradas Escrituras
ensinam estas três coisas:
a geração eterna e a encarnação temporal do Cristo,
a norma de viver
e a união da alma com Deus,
ou a fé, os costumes e o fim de ambas.
Sobre a primeira destas coisas
devemos exercitar-nos com afinco
no estudo dos doutores;
sobre a segunda, no estudo dos pregadores;
sobre a terceira, no estudo das almas contemplativas.
(Entre os autores antigos)
Santo Agostinho ensina de preferência a primeira;
São Gregório a segunda;
São Dionísio Areopagita, a terceira.
(Entre os autores posteriores)
Santo Anselmo segue a Santo Agostinho;
São Bernardo segue a São Gregório;
Ricardo de São Vitor segue a São Dionísio Areopagita;
porque Santo Anselmo se distingue no raciocínio,
São Bernardo na pregação
e Ricardo de São Vitor na contemplação.
Mas Hugo de S. Vitor
se sobressai nas três" (1).
(1) Cf. S. Boaventura: "Redução das Ciências à Teologia", C.5.

Extraído do texto: A contemplação na tradição cristã do Século XII, segundo Hugo de São Vitor

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar: