quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Carta sobre o Jejum - S. Francisco de Assis.



Introdução - Carta sobre o jejum

Sabemos que esta carta existiu porque Santa Clara fala sobre ela (ou, mais apropriadamente, sobre um “escrito”) na sua terceira Carta a Inês de Praga. Refere-se a conselhos e orientações de São Francisco. Alguns estudiosos acreditam que estava tudo em um único pergaminho. Não temos o texto. Reproduzimos aqui o que Santa Clara escreveu.

29 Mas, quanto àquelas coisas que já me mandaste relatar,

30 isto é, quais eram as festas em que talvez, como acho que você já julgou de alguma forma, nosso gloriosíssimo pai Francisco nos aconselhou a celebrar especialmente na variedade de alimentos, creio que devo responder à sua caridade.

31 Sua prudência já deve saber que, fora as fracas e doentes, para as quais nos aconselhou e até mandou que usássemos de toda discrição em qualquer tipo de comidas,

32 nenhuma de nós, sadia e forte, deveria comer a não ser alimentos quaresmais, tanto nos dias feriais como nos festivos, jejuando todos os dias,

33 exceto nos domingos e no Natal do Senhor, nos quais deveríamos comer duas vezes no dia.

34 Também nas quintas feiras, em tempo ordinário, fica à vontade de cada uma: isto é que quem não quiser não seja obrigada a jejuar.

35 Mas nós, sadias, jejuamos todos os dias, exceto nos domingos e no Natal.

36 Mas não somos obrigadas ao jejum, de acordo com o escrito do beato Francisco, por todo o tempo da Páscoa e nas festas de Santa Maria e dos santos apóstolos, a não ser que essas festas caiam em Sexta-feira.

37 E, como já disse, as que somos sãs e fortes sempre comemos alimentos quaresmais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar: