sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Sinais que precederão a segunda vinda do Salvador.


Profecia antiga destaca os sinais que precederão a segunda vinda do Salvador.


(Extraído do Informativo ao Grupo Plenitude dos Tempos, Número 03 – Junho 2010, págs. 65 a 71)


Encontrada séculos atrás, escrita em português antigo, e guardada de pai para filho, por muito tempo esta profecia foi desprezada, mas lendo-a vê-se que se cumpre. Seja quem for que a tenha recebido, mostra-se verdadeira profecia de Deus. Ela tem semelhança com muitas profecias do fim dos tempos de outras fontes, porém com mais minúcias.

A Profecia:

‘Meus filhos, vos revelarei palavras que ouvi:

Ficai atentos quando a Igreja chamar de santa a uma mulher que revelará, da parte de Deus, o julgamento dos profetas, sábios, doutores, evangelistas, bispos e padres. Ela revelará o mistério escondido do julgamento dos maus e dos bons servidores da Igreja. Ela estará presente na condenação e salvação de muitos deles. Tudo o que Deus lhe mostrar ela dirá e dirá com pormenores. Seus escritos irão por todo o mundo e muitos maus servidores se arrependerão e se converterão; os bons ficarão melhores, os maus ficarão piores, muitos se condenarão. Depois dessa santa, se passarão cinco séculos para tudo piorar.

Eis os sinais que precederão a segunda vinda do Salvador:

“Os homens começarão a virar bicho, 553 anos depois desta que será proclamada santa pela Igreja. A cada ano que passar, eles ficarão mais feios e nojentos.

Mudarão seus cabelos e corpos com pinturas e objetos.

Homens se dirão mulheres e mulheres se dirão homens.

Negarão a beleza de suas almas e sua natureza de filhos de Deus.

Quererão ser parecidos com os demônios, nos quais dirão não acreditar, mas os procurarão para fazer perguntas e pactos.

Desprezarão os símbolos da fé de Pedro, comprarão os símbolos do anticristo, que
usarão nas orelhas, nariz e muitas partes do corpo.

Farão incisões e imagens em suas carnes, em desobediência ao que Deus proibiu a Moisés.

Os que andarem com Deus parecer-se-ão com Ele em seus semblantes.

O afastamento de Deus e a aproximação com os demônios mudará o comportamento, o costume, os sorrisos, os olhares e as faces das pessoas.

O sacrifício de crianças aos demônios voltará.

Como animal, as carnes dos homens serão vendidas aos pedaços.

Quanto mais se aproximar o tempo do anticristo, mais os homens perderão a espiritualidade; eles serão mais bichos do que homens.

Haverá mais templos de adoração ao corpo do que igrejas. Nestes templos, eles modificarão suas carnes. Procurarão a saúde e a beleza eterna do corpo, que jamais encontrarão.

Ficai atentos quando as mulheres se vestirem e forem à guerra como os homens.

Vigiai quando a mulher der à luz diferente do natural e quando elas se derem ao vinho nas ruas, iguais aos beberrões.

Vigiai quando a maioria das mulheres perderem o pudor, a honestidade, e andarem vestidas com roupas que desagradam a Deus.

Vigiai quando os homens levarem suas mulheres aos locais de prostituição.

Vigiai e orai mais quando os homens puderem voar.

Quando eles disserem que pisaram a terra do astro da noite.

Quando eles puderem se ouvir, conversar um com o outro do outro lado da terra.

Quando os judeus em um só dia fundarem o seu país.

Quem jamais ouviu tal coisa, quem jamais viu coisa semelhante?

Vigiem quando as guerras não pararem no Oriente Médio.

Quando satanás tiver suas igrejas nas cidades e todos disserem que ele também tem direitos.

Quando os homens disserem que bem-aventurado é quem não tem sede nem fome de justiça; bem-aventurados os que não choram.

Quando compararem Jesus aos falsos deuses e disserem que o Filho de Deus não é Deus.

Quando disserem que não haverá fim do mundo e sim fim da Era de Jesus.

Quando disserem que a glória do Salvador é o sol que nasce todos os dias, que os
espinhos da cruz são os raios do sol nas nuvens, que Jesus é o plágio dos deuses e tentarem provar a semelhança de Jesus com os deuses dos homens.

Quando compararem os símbolos da astrologia com os 12 Apóstolos e disserem que eles representam as 12 constelações da cruz do Zodíaco.

Quando negarem os milagres e humanizarem a Sagrada Escritura, dizendo que ela não tem a verdade, mas que é uma invenção política dos romanos.

Quando disserem que a Sagrada Escritura é um plágio das religiões mais antigas, que ela é um mito antigo e supersticioso.

Vigiem quando a raiva e a paciência, a loucura e a inteligência negarem o Filho de Deus com a ciência.

Vigiai quando satanás for invocado nas seitas, que existirão sem se esconder.

Vigiai quando as leis dos países derem dinheiro às assembléias e seitas para invocarem os demônios.

Vigiai quando o mundo aplaudir uma festa de iniqüidade com homens e mulheres nus e vestidos de loucos, festas de gritos, pecados, sorrisos e bêbados.

Vigiai quando a preguiça crescer igual à violência e à imoralidade.

Quando for dado dinheiro para os homens não trabalharem. Quando este dinheiro provocar muita ociosidade para os pobres.

Vigiai quando satanás tiver pregadores nas igrejas e professores nas ciências.

Quando os sábios perderem sua sabedoria e se tornarem ingênuos e estúpidos.

Quando os velhos quiserem ser jovens e brincarem como as crianças.

Vigiai quando trocarem a Cruz do Salvador pela riqueza e prazeres.

Quando estas pessoas abandonarem as reuniões dos santos.

Quando as igrejas e mosteiros se esvaziarem de monges e monjas. Quando os pastores estiverem sem ovelhas.

Quando poucos procurarem comer a Carne e beber o Sangue de Cristo.

Vigiai quando Deus tiver que requisitar o povo comum para o trabalho do Evangelho.

Vigiai quando o pobre for apegado aos bens que não tem, igual ao rico que tem.

Vigiai quando houver quadros de luz com pinturas vivas nas casas.

Vigiai quando não se precisar mais de tinta para escrever.

Quando as carroças andarem sem cavalos e bois.

Vigiai quando houver conforto desnecessário em todas as casas.

Vigiai quando os homens tiverem água e fogo dentro de casa.

Vigiai quando os velhos e velhas, esquecidos de suas almas, trocarem a igreja pelas festas e os templos de corpos.

Neste tempo, os homens se preocuparão mais com seus corpos que com suas almas.

Os maus religiosos farão pior que o povo nos cuidados de suas carnes.

Com seus exemplos e palavras ensinarão a frouxidão e a negligência, ensinarão como cuidar da carne e muitas almas irão ao inferno com a doutrina do inferno.

Os maus religiosos nada farão para proteger o rebanho contra os pecados que invadem a terra; eles mesmos participarão das orgias de pecados ao invés de rebatê-los.

O rebanho ficará sem pastores.

Os maus pastores não amarão a Cruz, o sofrimento, o jejum, sacrifícios e penitências, a vida reclusa, o silêncio, a oração; serão vaidosos, orgulhosos e amantes da vida fácil, sem cruz.

Um pequeno resto de santos pastores sobreviverá; serão estes que, juntos com Jesus, não deixarão a Igreja cair; enquanto eles vivem segundo a vontade de Deus, os outros viverão segundo suas vontades e desejos carnais.

Muitos destes maus pastores ficarão doentes repentinamente; outros, sem esperarem, sofrerão acidentes; outros serão julgados pelo próprio Jesus, que tirará suas vidas para que eles não destruam mais almas inocentes. Uns morrerão dentro da igreja, por desrespeitarem o Corpo e o Sangue do Senhor. Outros morrerão em lugares de pecados e onde estavam pecando.

Bispos santos suspenderão maus padres e o Chefe da Igreja tirará o direito de alguns bispos não santos.

Vigiai quando virdes as crianças violentas e perversas como os assassinos. Quando o rosto das crianças e jovens forem maus. Quando eles forem mais espertos que os adultos.

Quando o cabelo branco não for mais sabedoria. Quando os anciãos, grávidas e viúvas não receberem honra e respeito.

Quando por uma correção os filhos matarem seus pais e quando os pais forem proibidos de educarem seus filhos.

Vigiai quando os homens morrerem de violência sem guerra, mais do que na guerra.

Vigiai quando os jovens do mundo todo, que não se conhecerão, estiverem unidos na mesma maldade e incredulidade.

Quem vai conseguir tal proeza? Vai ser o anticristo; ele trabalhará escondido, dominará as mentalidades, preparando a sua aparição e então aparecerá. Ele será aceito pelos condenados.

Vigiai quando virdes os grandes amigos se tornarem grandes inimigos.

Vigiai quando virdes ignorância, corrupção e escândalos nos Pastores da Igreja; tudo isso é para desviar o rebanho do Senhor da verdade. Os escândalos de muitos pastores não mancharão a inocência só de poucos, que se manterão santos e puros.

Vigiai quando os religiosos não forem mais identificados pelos trajes santos.

A oração, o jejum, a misericórdia serão desprezados; não haverá respeito pelo Corpo e pelo Sangue do Senhor.

Bispos e padres, que servem aos demônios, proibirão os exorcismos para que os demônios fiquem na Igreja e na Terra com forças diabólicas. Por causa desta proibição, a Religião de Cristo perderá fiéis para as assembléias e seitas dos demônios.

O Chefe da Igreja mandará que em todas as Igrejas se expulsem os demônios com sua oração. A Igreja terá certo sossego. Satanás, irado, usará os seus servos e servas e conseguirá fazer com que esta oração seja retirada das igrejas, e assim ganhará forças.

Todos os sacramentos serão desprezados por um grande número de sacerdotes.

Os Bispos não terão controle sobre os padres, que brigarão uns com os outros; uns até se matarão.

Bispos e padres estarão acomodados com o pensamento de que Cristo está na Igreja e não permitirá que Ela seja destruída. A acomodação nesta verdade os prenderá nas trevas de muitas negligências e pecados. Cegos e dignos de castigo eterno, eles se ocuparão de coisas, leis e assuntos que de nada servem. Nestes tempos, os gananciosos quererão o dinheiro da Igreja.

A Igreja se manterá firme, pobre e santa pelos poucos bispos e padres
que se manterão fiéis à Verdade do Evangelho; os poucos fiéis sofrerão muito, mas nada os derrotará, pois Jesus Cristo estará com eles. Eles serão muito incompreendidos, caluniados e perseguidos; serão traídos pelos padres e bispos que procuram sua glória pessoal. Nos templos e igrejas, as pessoas entrarão com roupas desrespeitosas.

Vigiai, porque estes são os sinais mostrando que está próxima a vinda do Salvador.

Nestes tempos de grandes tribulações, satanás estará solto, indo e vindo, dentro e fora da Igreja, dos governos, das famílias, das cidades e das ruas, caçando as almas inocentes e de grande pureza. Os que amam a Deus nestes tempos que virão deverão ser humildes para não caírem com as tentações de Judas Iscariotes.

Quanto mais se aproximar o tempo do anticristo, mais demônios sairão do inferno para destruir a boa inteligência dos homens.

Os bons serão atormentados de muitas tentações e poderão se perder.

A violência aumentará sem que ninguém a possa dominar. Serão feitas leis e aumentarão o exército, mas nada poderá diminuir a violência. Haverá desordens em toda a parte; os homens se sentirão incapazes, mas não se humilharão diante de Deus e nem se arrependerão de seus pecados contra Ele.

Estes homens depravados falarão de paz, esperarão a paz, mas é a guerra que virá, quando as Nações descerem ao Vale de Josafá.

Haverá terremotos pequenos e irão ficando maiores. Serão poucos e depois serão muitos. Raios e inundações sobre a terra; fomes, doenças e pestes; coisas espantosas e grandes sinais no céu. Geração cega. Não saberá ver os sinais dos tempos. Como Jerusalém, será destruída por não querer conhecer os sinais dos tempos.

Até pessoas espirituais terão dificuldade de compreender os sinais dos tempos pela comparação da figueira. A maioria das pessoas cristãs não pressentirá que o verão está próximo, mesmo com os ramos tenros e o crescimento das folhas.

Surgirão doutrinas mentirosas para divertir homens, mulheres e crianças, que se deixarão perder sem perceber. Os velhos terão demônios por professores dentro de casa; as crianças os terão dentro e fora de casa.

Quanto mais se aproximarem os tempos do anticristo, mais perigo de perder a salvação correrão os cristãos, pois satanás se dedicará notadamente em destruir a fé, o amor e a fidelidade deles a Deus, à Igreja e aos irmãos do mosteiro.

O próprio satanás expulsará os cristãos de dentro da Igreja e dos mosteiros.

Bispos e padres receberão como ajuda pessoas enviadas pelos demônios, que dirão querer ajudá-los e eles acreditarão; estes filhos do demônio farão muito mal dentro da Igreja.

Satanás incomodará os cristãos fracos para que não mantenham sua fé, amor e fidelidade aos seus irmãos de religião, dentro dos mosteiros.

Muitos cristãos pegarão o arado da salvação de suas almas, mas não agüentarão o calor das provações e tentações; milhares largarão o arado crendo em ensinamentos do anticristo, de que Deus é amor e a todos perdoará.

Sem crerem mais na Justiça de que Deus recompensa a cada um segundo as suas obras, eles viverão na Igreja como tíbios, e assim serão transformados em filhos e servidores dos demônios, pelo próprio satanás.

Faltarão pastores tementes a Deus, por isso muitos perderão a fé. Quem a procurar, tentará se afastar do mundo, mas poucos encontrarão os raros oásis de santidade no deserto de pecados do mundo. Dos que os encontrarem, haverá os que os desprezarão por causa das tentações.

Assembléias e seitas venderão riquezas e conforto aos gananciosos e desprevenidos; encherão seus templos de pobres coitados, que se afastarão do caminho da fé. Caminharão para o inferno com estes homens que servem ao dinheiro. Dentro da Igreja muitos julgarão estar servindo a Deus, mas estarão servindo ao demônio; isto acontecerá porque não serão pessoas humildes e renunciadas de si, serão pessoas que não suportam o sofrimento. Sem motivos, largam o arado e a cruz, não conseguindo ser fiéis à Igreja.

Não serão nem mão e nem pé, não serão nada, quando quiserem ser o que Deus não quer que sejam. Não farão parte do Corpo de Cristo porque não quererão ser um membro destinado por Deus. “Foi Ele quem de uns fez Apóstolos, de outros, Profetas ou Evangelistas, Pastores ou Doutores, para o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, e para a construção do Corpo de Cristo.” (Ef. 4, 11-12).

Haverá um caos dentro da Igreja e dos mosteiros. A mão vai querer ser pé e o pé, a mão; o olho quererá ser nariz e o nariz quererá ser ouvido. Dirão que estando no Corpo são eles que escolhem onde ficar. E assim, a mão quererá ficar no lugar do olho mas nunca conseguirá. Levados pelo espírito do anticristo, trairão uns aos outros, pularão o muro e fugirão dos limites estabelecidos por Deus; serão mestres de si mesmos. “Eles não compreendem nem o que dizem, nem as questões que defendem, apesar de se apresentarem como doutores da lei.” (1Tm. 1,7).

Assim como no tempo da provação de Saulo, na morte de Estevão, onde houve grande perseguição contra a comunidade de Jerusalém e todos se dispersaram pelas regiões da Judéia e da Samaria, com exceção dos apóstolos (At. 8, 1), assim também os demônios farão grande perseguição contra os fiéis que viverem em comunidades, e conseguirão levar ao inferno todos os que forem fracos e covardes, como os discípulos que deixaram de andar com Jesus, que vendo a traição, perguntou aos doze apóstolos: “Quereis vós também retirar-vos?” (Jo. 6,57).

Deus dará um tempo de misericórdia e de arrependimento aos homens, mas muitos deles não vão querer este tempo. Ao invés de se arrependerem e se voltarem para Deus, eles se entregarão às imundícies e paixões animalescas.

A verdade vai sumir, a luz vai se apagar, as trevas vão dominar os corações dos depravados do futuro, que não reencontrarão o caminho da salvação, mas estarão ao alcance da cabeça da serpente.

No mundo será difícil ser casto e puro; a inocência sumirá até das crianças. Elas se prostituirão entre si e com adultos.

O maligno apresentará o pecado como vantagem; ele oferecerá o adultério, a homossexualidade, a imoralidade, o ocultismo, a luxúria, a dissipação, a mentira, a devassidão, a cobiça, o dinheiro, a riqueza, os prazeres carnais, a violência e o crime; muitos aceitarão, trocando o caminho estreito pelo largo, sem doer na consciência. Ficarão sem as graças do Espírito Santo e sem sentirem falta da Água Viva.

Irritar-se-ão os pagãos, mas eis que sobrevirá a ira e o tempo de exterminar os que corromperam a terra. Tempo de julgar os mortos, de dar a condenação aos maus e a recompensa aos servos, aos profetas, aos santos, aos que temem o nome de Deus; pequenos e grandes.

Quando os homens se entregarem livremente a satanás e tudo parecer perdido, Deus abreviará os tempos, para que não se percam os escolhidos. De repente será derrubado e destruído o corrupto, os corruptores e seus seguidores.

“Então se vai manifestar o ímpio. E o Senhor Jesus vai destruí-lo com o sopro de sua boca, e o aniquilará na sua vinda gloriosa.” (2Ts. 2,8)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Infelizmente, devido ao alto grau de estupidez, hostilidade e de ignorância de tantos "comentaristas" (e nossa falta de tempo para refutar tantas imbecilidades), os comentários estão temporariamente suspensos.

Contribuições positivas com boas informações via formulário serão benvindas!

Regras para postagem de comentários:
-
1) Comentários com conteúdo e linguagem ofensivos não serão postados.
-
2) Polêmicas desnecessárias, soberba desmedida e extremos de ignorância serão solenemente ignorados.
-
3) Ataque a mensagem, não o mensageiro - utilize argumentos lógicos (observe o item 1 acima).
-
4) Aguarde a moderação quando houver (pode demorar dias ou semanas). Não espere uma resposta imediata.
-
5) Seu comentário pode ser apagado discricionariamente a qualquer momento.
-
6) Lembre-se da Caridade ao postar comentários.
-
7) Grato por sua visita!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Ocorreu um erro neste gadget

Pesquisar: